Novo método permite identificar castas e videiras através de uma imagem

Investigadores da Universidade de Vila Real desenvolveram um novo método «mais rápido, económico e fácil» que identifica castas das videiras através da captura de imagens hiperespectrais da folha da planta.

«O que nós fizemos foi simplificar todo o conjunto de metodologias que já existiam e fazer a identificação através de uma simples imagem. Ganhamos em rapidez e em custos», afirmou à agência Lusa o investigador Pedro Melo-Pinto.

O projecto foi desenvolvido pelo Centro de Investigação e de Tecnologias Agro-ambientais e Biológicas (CITAB), da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (UTAD), em colaboração com a universidade espanhola de La Rioja.

O novo método recorre à captação de imagens das folhas das videiras através de uma câmara hiperespectral, que depois são analisadas através de uma aplicação informática.

Para ler aqui.