Viticultura: Região de Lisboa com ano histórico

Região Vitivinícola de Lisboa com ano histórico

A Região de Vitivinícola de Lisboa fechou a campanha das vindimas com a maior produção dos últimos vinte anos: 125 milhões de quilos de uva, o equivalente a cerca de 100 milhões de litros de vinho.

Para além do aumento da produção, que registou um crescimento na ordem dos 25%, é também na qualidade da uva, a melhor das últimas duas décadas, que os resultados impressionam.

“Com um clima bem mais seco do que aquele que registámos no ano passado e a precipitação, apesar de escassa, a cair de forma certeira no calendário da vinha, 2015 trouxe para a Região a melhor uva desde o início dos anos 90, o que se traduzirá, naturalmente, nos melhores vinhos dos últimos 25 anos”, afirma Vasco d’Avillez, presidente da Comissão Vitivinícola da Região de Lisboa (CVR Lisboa).

Com um peso crescente na produção nacional, a CVR Lisboa deverá certificar cerca de 35 milhões de litros de vinho, o que representa um encaixe financeiro para a Região na ordem dos 100 milhões de euros, sendo o restante vendido como vinho.

Segundo a entidade certificadora dos Vinhos de Lisboa, 2016 deverá, assim, ter um desempenho acima da média no que respeita às exportações, reforçando a sua presença em mercados como os Países Nórdicos, Brasil, EUA, Benelux, Rússia, China e Angola.

Recorde-se que Lisboa é a segunda maior Região Vitivinícola do país, logo a seguir ao Douro, exportando cerca de 65% dos vinhos que certifica.

Fonte: revista Grande Consumo (via revista TecnoAlimentar).