Vilmorin Iberica apresenta nova variedade de tomate rama exclusiva para Portugal

A nova variedade, de nome SOBERBO, foi desenvolvida em exclusivo para o mercado português. A mesma foi apresentada no passado dia 8 de outubro, na Póvoa de Varzim, a cerca de 100 horticultores. O SOBERBO distingue-se pelo calibre, cor, tolerância ao rachamento dos frutos e homogeneidade ao longo de todo o ciclo de produção.

Durante o Dia de Campo, que decorreu na exploração de um produtor de tomate, na Póvoa de Varzim, Oscarina Cunha, responsável pela Investigação e Desenvolvimento da Vilmorin em Portugal, explicou que: «a variedade SOBERBO vinga muito bem logo a partir dos primeiros cachos, mesmo com temperaturas adversas. É uma variedade muito homogénea durante todo o ciclo de produção, com um ráquis grosso, que permite que a planta suporte facilmente o cacho, sendo assim mais tolerante ao estrangulamento do ramo. Este conjunto de características aliadas à elevada tolerância ao rachamento do fruto permitem um importante acréscimo de produtividade».

A engenheira Oscarina salientou também a resistência da variedade às principais doenças do tomateiro, como o vírus do bronzeado, a verticiliose, a fusariose vascular, e destacou ainda a resistência à Cladosporiose.

Pedro João, o proprietário da estufa onde decorreu a apresentação, plantou o tomate SOBERBO pela primeira vez em junho e, com a colheita a decorrer, não podia estar mais satisfeito pois «visualmente, o ramo forma uma espinha perfeita, assim como a cor dos frutos. É um vermelho intenso, uma cor muito bonita e difícil de encontrar. Os calibres também são excecionais, entre 80 e 110. Quanto a números, e ainda que a campanha só termine em Dezembro, avança: «tudo indica que vá ter um aumento de produção significativo».

Face aos resultados, a aposta na variedade é para continuar. «Atualmente, nesta estufa de 1700 m2, cerca de 80% do tomate plantado é da variedade SOBERBO. Para o próximo ano, também vou plantar esta variedade na estufa hidropónica de 2000 m2 que tenho aqui perto».

Outros produtores da região que marcaram presença no Dia de Campo mostraram-se surpreendidos com a variedade, realçando a boa formação do cacho e o aspeto apelativo do tomate após embalamento. Alexandre Furtado, responsável técnico da Carmo & Silvério, Organização de Produtores que exporta grande parte da produção de tomate para Espanha, sublinhou que «o que mais me chama a atenção é a cor escura e a maturação mais homogénea, para lá dos calibres. Há muitos anos que não surgia uma variedade de tomate rama que reunisse tantos indicadores positivos. Estou em crer que a variedade vai ter muita adesão junto dos produtores».

A variedade de tomate SOBERBO adapta-se a todas as zonas do país e às diferentes épocas de produção em estufa. Para Amândio Magrinho, delegado comercial da Vilmorin em Portugal, o balanço é francamente positivo, visto que, «a variedade é comercial há pouco mais de um ano e todas as sementes produzidas foram vendidas, o que significa que temos um produto diferenciador. Estamos a ganhar quota de mercado no tomate rama em Portugal e vamos continuar a crescer». Também Pedro Pesquera, diretor comercial da Vilmorin Ibérica, está confiante no crescimento da empresa em território nacional. 

O grupo Vilmorin destina cerca de 15% do seu volume de negócios à investigação e desenvolvimento, lançando por ano cerca de 75 novas variedades hortícolas no mercado a nível global. No seu centro de investigação em Múrcia são testadas anualmente mais de 1.000 novas variedades de sementes hortícolas.