UE: consumo de carne de porco aumenta mais de 1kg nos últimos dois anos

Em 2015 foi consumida uma média de 40,9 kg/habitante na UE, que é o valor mais elevado desde 2015. Entre 2011 e 2013 diminuiu o consumo, mas nos últimos dois anos registou-se um aumento acumulado de mais de 1kg.

A evolução do consumo não foi homogénea dentro da UE. Na Áustria, cujo consumo por habitante é o mais elevado da UE, manteve-se constante, tal como em França. Na Alemanha e Holanda o consumo decresceu. Pelo contrário, registaram-se aumentos na Polónia, espanha (segundo e terceiro maior consumidor por habitante da UE), Portugal, República Checa, Itália e Reino Unido.

Estes valores de consumo fora calculados pela AHDB como balanço entre os dados de produção, exportação e importação proporcionados pelo Eurostat. Estes valores contrastam com a redução das vendas de carne de porco a retalho nos principais mercados. A AHDB acredita que a explicação está no facto de a maior proporção de carne de porco ser consumida na restauração ou através de produtos processados. Estes canais geralmente proporcionam menor valor aos produtores, contribuindo para a recente queda dos preços de carne de porco.

Fonte: Agrodigital.