Tech@Portugal dá a conhecer inovação nacional para indústria

Os projetos “made in” Portugal para desenvolvimento da indústria global estão em destaque esta quarta-feira, dia 4 de julho, no Centro de Congressos do Porto, por ocasião do evento Tech@Portugal: Do conhecimento para o mercado.

tech@Portugal

O Porto foi o palco escolhido para o Tech@Portugal. O evento propõe-se a apresentar novos projetos e casos de sucesso que visam potenciar setores como o agroalimentar, o têxtil e o do calçado, entre outros.

Os expositores estarão distribuídos em duas áreas: uma dedicada a Tecnologias de Informação e Comunicação, Tecnologias de Produção e Indústria 4.0; e outra destinada a projetos de Mobilidade, Economia Circular e Ciências da Vida. Pode-se encontrar também um "Innovation Stage", onde se realizarão uma série de palestras e debates temáticos, que arrancam após a sessão de abertura, a cargo de António Bob Santos, administrador da Agência Nacional de Inovação, e João Correia Neves, secretário de Estado da Economia. Consulte o programa aqui.

Organizado pela Agência Nacional de Inovação (ANI), no âmbito do SIAC – Iniciativa de Transferência de Conhecimento cofinanciada pelo COMPETE 2020 através do Portugal 2020 e do FEDER, o Tech@Portugal arranca às 10 horas de amanhã, com a presença confirmada de mais de 100 entidades, entre as quais estão representados centros de interface, clusters, laboratórios colaborativos, empresas e startups. The Navigator Company, grupo Mota-Engil, grupo Amorim, Barbot, BA Vidro, Efacec, Vista Alegre Atlantis, Simoldes e Frulact são algumas das empresas com lugar reservado para os espaços de demonstração.

Esta será mais uma ação da ANI para apoiar a transferência de conhecimento para o mercado e a sua valorização, com a missão de posicionar Portugal entre os países Fortemente Inovadores na próxima década. A ANI tem o seu capital subscrito em partes iguais pelo Ministério da Economia, através do IAPMEI – Agência para a Competitividade e Inovação, e pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, através da Fundação para a Ciência e Tecnologia.

A participação neste evento é gratuita mas de registo obrigatório. Pode fazê-lo aqui.