Revista AGROTEC nº 15

Revista AGROTEC nº 15

AGROTEC 15

Crises de Crescimento

Na sua edição nº 15, que estará disponível brevemente, a AGROTEC entrevistou a NaturEmpathy, uma empresa formada por jovens produtores de cogumelos. Situada na cidade de Amarante, a NaturEmpathy é um projeto empresarial que surgiu com o objetivo de preencher um obstáculo comum: o escoamento da produção. É uma sociedade por quotas detida pelos sócios de forma igualitária. A sobrevivência da empresa é sustentada no comissionamento do produto vendido pelos associados, tendo como propósito torná-la autossustentável. O seu objetivo é servir de plataforma para resolver um problema que é comum: a dificuldade na venda do produto.

Ainda na secção de "Hortofruticultura & Floricultura", o foco vira-se também para a cultura de um vegetal de luxo: o espargo. O especialista inglês em espargos, Jamie Petchell, da Hargreaves Plants, defende que o espargo é a hortícola que mais tem crescido na última década a nível mundial, tendo como mercados mais interessantes a Europa Central e Norte da Europa, mas não descura também a importância do mercado nacional, atualmente reduzido, mas com elevada perspetiva de crescimento”. O investimento e os rendimentos por hectare, assim como a longevidade das plantas, processos de plantação e colheita são assuntos também para ver na entrevista a este especialista. Numa perspetiva mais estratégica e comercial deste vegetal, Manuel Cardoso, Diretor da DRAPN, referiu a importância que a cultura do espargo pode vir a ter na Região Norte.

Outros assuntos em destaque nesta secção dedicada à Hortofruticultura são a aplicação de reguladores de crescimento na Citricultura Portuguesa e os principais resultados apresentados no 3º Simpósio Nacional de Fruticultura.
O artigo científico "Alimentação Hídrica da Vinha, Casta Aragonez, sob diferentes Sistemas de Manutenção do Solo" e "A Influência da Levedura no Perfil Organolético do Vinho" compõem a secção de Viticultura.

As expectativas do Setor do Leite para 2015, a intensificação sustentável na produção animal, a entrevista à HelixCoop, a primeira organização de produtores de caracóis em Portugal e o resumo do passado Seminário Ibérico de Ranicultura preenchem a secção de Zootecnia. Nos Cuidados Veterinários, os especialistas já habituais George Stilwell e Madalena Vieira-Pinto abordam problemas de bem-estar animal.
O novo PDR 2020, o Projeto MaisMilho ou a reportagem à histórica Escola Superior Agrária de Santarém completam os temas de capa desta edição da revista AGROTEC.

Pequenos Frutos 11

Especial Mirtilo

Os produtores podem podar, fertilizar, regar, controlar as pragas e doenças e cuidar meticulosamente as plantações de mirtilos, mas sem uma polinização eficaz todos estes esforços resultarão infrutíferos. As flores de mirtilo são teoricamente auto férteis, no entanto, a estrutura das flores é tal que o pólen não entra em contacto direto com o estigma sem polinização ativa realizada com o auxílio de insetos (polinização entomófila). Por exemplo, de acordo com Sampson & Cane (2000), sem polinização cruzada efetuada por abelhas/bombos, 96% das flores de mirtilo do grupo “Rabbiteye” não resultam em frutos. Nesta próxima edição da Pequenos Frutos são abordados alguns aspetos da Biologia Reprodutiva em mirtilos.

Neste número especialmente dedicado à "baga azul", destaque para a apresentação dos resultados preliminares do campo experimental de mirtilos na Estação Agrária de Viseu e também para as entrevistas à Trueberry - uma jovem Cooperativa de Produtores de mirtilos da região de Arouca já com uma história de sucesso - a Anne Bournot, gerente da Mirtisul, uma empresa de Grândola de referência na produção de mirtilos e à Bfruit, que muito recentemente adquiriu uma calibradora/classificadora de mirtilo, que promete poupar recursos na colheita e separação deste pequeno fruto. Como corolário do trimestre desta Pequenos Frutos, teremos a Feira Nacional do Mirtilo, saiba o que vai poder lá encontrar na página 28 do suplemento.

Fora do universo do mirtilo, a dupla produção de morangos com plantas tray é um artigo que merece destaque nesta próxima edição.

Agrobótica 4

"Vinhos que Pensam"

Foi com um aperto de mão entre a equipa de Agricultura de Precisão da Universidade de Évora e a Fundação Eugénio de Almeida que nasceu, sem financiamento próprio mas com uma visão muito clara de criar valor social na área da vitivinicultura Alentejana, o projeto "Vinhos que Pensam".

A Agrobótica desafiou os investigadores do projeto a apresentarem os resultados mais relevantes deste valoroso projeto, que será apresentado em 3 partes distintas. Na parte I, incluída na presente edição, abordam-se os aspetos da gestão do vigor da vegetação da vinha.

Um outro artigo de interesse é a Gestão e Monitorização de Gado nas Explorações Pecuárias, através do conceito de "Internet das Coisas". Poderá ficar a saber mais na secção Zootecnia da Agrobótica.

A evolução da Agricultura de Precisão no mundo é o tema de um interessantíssimo artigo do Prof. Luis Márquez, um dos maiores especialistas mundiais em maquinaria agrícola.
Destaque ainda para a entrevista à John Deere, uma empresa de referência na área da Agricultura de Precisão.