Que conselhos para quem quer apostar no cultivo de batata doce?

batata doce

Resposta

A Associação de Produtores de Batata Doce de Aljezur é a entidade gestora do registo europeu "Batata-doce de Aljezur-IGP".

A área geográfica da Batata Doce de Aljezur-IGP inclui todo o concelho de Aljezur e as freguesias do litoral do concelho de Odemira. A Indicação Geográfica Protegida para a Batata Doce de Aljezur foi aprovada pelo Regulamento (CE) nº752/2009.

A Batata Doce de Aljezur corresponde unicamente à variedade Lira. Só a batata doce, da variedade Lira, certificada por esta Associação e produzida na área geográfica referida, pode ser designada de "Batata Doce de Aljezur".

A utilização do nome Aljezur para promover a venda de batata doce não certificada, seja de que variedade for, viola os regulamentos europeus que protegem as IGP e viola o direito de propriedade industrial, sendo punível, como crime, pela lei. Infelizmente muitos usam o nome Aljezur para enganar os consumidores.

Feita esta explicação introdutória, a resposta que daremos será, compreensivelmente, apenas quanto à cultura da batata doce da variedade Lira.

Na produção da batata doce Lira podem obter-se resultados até 18 toneladas por hectare. Pode obter-se rendimento sustentável, apenas plantado batata doce lira, para áreas nunca inferiores a 10 hectares. É óbvio que se podem obter lucros com sta cultura com áreas inferiores. Neste caso não se pode fazer "vida" só desta produção.

Os principais encargos desta cultura são os fatores de produção e mão de obra. Para 10 hectares há que investir em trator e nas alfaias necessárias à preparação da terra, máquina de plantar e máquinas de colheita. Trabalhar em associação com outros agricultores pode reduzir estes custos de maquinaria, nomeadamente reduzindo o investimento inicial.

No caso desta Associação, disponibilizamos trator máquina de plantação e maquinaria de colheita.

Os solos adequados devem ser leves (terrenos arenosos).Terrenos mais pesados e duros não são adequados e resultam na produção de batata muito deformada.

A batata doce requer um clima quente. Quanto mais calor melhor. Se a plantação ocorrer em terrenos demasiado frescos corre-se o risco da produção ser diminuta. Note-se que a batata doce é uma raiz (não um tubérculo) e se o terreno for muito fresco e a rega exagerada, o resultado é ter raízes muito finas e sem batatas.

A planta da batata doce é muito resistente e deve ser regada quando se verificar que está a passar "sede" e isso é facilmente notado. Tradicionalmente a rega é feita por rego (duas linhas de podas (camalhão) separadas cerca de 70 cm e podas a cerca de 30 cm. A rega é feita de um lado de cada linha e não no meio das linhas. A disposição das linhas (afastamento de 70 cm) garante o colheita com a máquina adequada para o efeito. A rega pode ser feita também gota a gota. Nunca deve ser feita a rega por canhão ou qualquer outro método que lance a água sobre as plantas. Se assim for as guias vão enraizar na terra e perde-se grande parte da produção se chover deve ter-se o cuidado de levantar a rama enraizada.

A plantação deve ocorrer nos meses de maio e junho. A colheita feita quatro meses depois. Se chover muito (setembro ou outubro) e a terra ficar alagada, ou seja, a batata ficar em contacto com a água (que não escoa do terreno) a colheita deve ser feita de imediato se a batata ficar na terra mais de um dia vai perder-se toda a produção. Apanhada a batata pode ficar em cima da terra pois a chuva já não causa danos de maior.

Se não houver câmara de cura a batata, depois de apanhada deve ficar em cima da terra quatro ou cinco dias para apanhar o máximo calor possível. A variedade lira é a que melhor se conserva. Em armazém a temperatura deve ser de cerca de 13º graus e humidade cerca de 80%.

A variedade lira é reconhecidamente a batata doce de melhor qualidade e o rendimento pode ser maior se se optar pelo modo biológico. Crucial é que a venda possa ser negociada antes da plantação. A partir de maio a batata em armazém vai perdendo cada vez mais qualidade.

Face ao exposto é óbvio que esta variedade de batata doce tem o seu campo de eleição no sul do país onde o calor é mais duradouro.

A bata doce lira não gosta de frio nem de vento. Devem, por isso, ser escolhidas localizações soalheiras e abrigadas.

Respondido por: Manuel Marreiros, Presidente da Associação de Produtores de Batata Doce de Aljezur

Nota: Pergunta colocada por Pedro Carvalho, de Aveiro, na secção AGROTEC Responde, da edição impressa n.º 21.