Produção nacional de amêndoa cresce 55%

Segundo o Boletim Mensal da Agricultura e Pescas do INE (Instituto Nacional de Estatística), o início da colheita da amêndoa veio confirmar as previsões de aumentos significativos na produção, estimando-se que possa alcançar as 34 mil toneladas, um valor 55% superior face ao período homólogo.

Este incremento resultou essencialmente da entrada em produção dos amendoais instalados nos últimos três a quatro anos e da aproximação da produção cruzeiro dos plantados há seis a sete anos. As variedades, compassos e intervenções agronómicas realizadas nos pomares novos permitiram alcançar produtividades muito superiores às observadas nos tradicionais.

De referir que, nos pomares tradicionais de sequeiro, mais sujeitos a condições climatéricas adversas, a falta de humidade do solo tem conduzido a situações de miolo de menor calibre e, não raras vezes, já seco e sem valor comercial.