Produção de carne de porco na UE desce 2,3 por cento em 2013

porcosNo Comité de Gestão do suíno, reunido na semana passada, os especialistas comunitários concluíram que a produção de carne de porcos na União Europeia durante 2013 vai ser inferior à registada em 2012.

A evolução dos abates em França, Alemanha e Dinamarca, em conjunto com a das vendas ao vivo da Holanda suportam esta estimativa, porém a dúvida está na quantidade da redução.

O Comité avançou com duas hipóteses para esta redução, mas com diferente grau de optimismo. A mais pessimista aponta para uma descida de 2,9 por cento em 2013, devido à forte quebra tanto no terceiro como no quarto trimestre, que ronda os quatro por cento. A segunda hipótese já aponta para uma descida de 2,2 por cento.

No encontro foram ainda apresentados os valores das exportações de carne de porco, com uma descida de um por cento no primeiro semestre do ano em relação ao período homólogo do ano anterior. Esta estabilidade ao nível das exportações deve-se, sobretudo, aos aumentos registado nas saídas para a China e Filipinas, de 37 e 42 por cento, respectivamente, que compensaram a grande perda por parte do mercado russo, com menos oito por cento; Hong Kong, menos 11 por cento; Japão com uma descida de três por cento; Ucrânia, 18 e Coreia do Sul, menos 40 por cento.

Fonte: Agrodigital (via Confagri)