FacebookLinkedin

Agrotec

Previsões agrícolas apontam para redução de 30% na produção de azeite

As previsões agrícolas do Instituto Nacional de Estatísticas (INE), em 28 de fevereiro, apontam para uma diminuição de 30% de azeite, menos 358 hectolitros em relação a 2015, sobretudo devido a condições climatéricas adversas, mas a qualidade dos azeites produzidos mantém-se em níveis elevados.

Em relação aos cereais de outono/inverno os preços nos mercados internacionais continuam a níveis historicamente baixos, o que tem vindo a desincentivar a produção destas culturas, prevendo-se a manutenção da tendência de redução das áreas semeadas, de -5% no centeio e -10% no trigo, triticale e cevada.

No que diz respeito à aveia, a subida de temperaturas promoveu o desenvolvimento das searas, prevendo-se uma produtividade de 1,4 toneladas por hectare.

O INE indica que o peso limpo total de gado abatido e aprovado para consumo em janeiro de 2017 foi de 39.667 toneladas, o que correspondeu a um decréscimo de 2,5% devido ao menor volume de abate de suínos, -4,5% e caprino, -1,4%, de acordo com o Boletim Mensal de Agricultura e Pescas.