Preços dos produtos agrícolas vão aumentar na próxima década

O preço dos produtos agrícolas e da carne deve aumentar na próxima década, devido ao abrandamento da produção conjugado com o aumento da procura e um ambiente macroeconómico favorável, segundo as ‘Perspectivas Agrícolas 2013-2022′ da OCDE e da FAO.

De acordo com o relatório, os preços da carne, peixe e biocombustíveis devem subir mais do que os dos produtos agrícolas primários, devendo os preços médios dos cereais, oleaginosas, açúcar e algodão manter-se relativamente estáveis face aos dez anos anteriores, quando se bateram vários recordes desde 2007.

A inflação dos preços da alimentação deve aliviar, mas com os gastos em comida a representar entre 20 a 50 por cento dos orçamentos familiares em muitos países em desenvolvimento, sendo que um valor acessível continua a ser uma preocupação em termos de segurança alimentar.

A produção agrícola mundial deve crescer 1,5 por cento ao ano em média comparativamente aos 2,1 por cento da década anterior, reflectindo o aumento dos custos, maiores condicionantes aos recursos e as crescentes pressões ambientais.

Leia o resto aqui.