Preço de bovino na UE baixou 5% desde o início do ano

bovinosO setor do bovino europeu está a atravessar uma difícil situação de mercado para os ganadeiros devido a uma redução dos preços de mercado destes animais, juntamente com um aumento dos custos de produção.

Segundo os dados do COPA-COGECA, os preços de bovino reduziram-se em 5% desde o início do ano em relação ao mesmo período de tempo do ano anterior. Ainda que a curto prazo, as previsões apontem para um ligeiro crescimento da produção, as previsões a longo prazo não são positivas quer para a produção quer para o consumo. Prevê-se que no período 2014-2023, a produção e consumo da UE poderá reduzir-se em 7% em relação com os valores de 2010-2012, enquanto que as importações deverão aumentar.

O COPA-COGECA alerta para o facto de esta queda na produção poder gerar grandes perdas económicas e sociais nos meios rurais. Para além disso, dada a crescente procura mundial de alimentos, será crucial aumentar a produção de bovinos na UE.

O setor encontra-se numa situação de desvantagem competitiva relativamente a outros produtores internacionais, que podem usar promotores de crescimento e possuem normas menos restrintivas em relação ao meio ambiente, bem-estar e saúde animal.

O COPA-COGECA pede à Comissão Europeia que nos acordos bilaterais se tenha em atenção o impacto que estes podem ter no setor e que se assegure que não se coloca em causa o modelo de produção comunitário.

Ler aqui.