Portugal recebe quase 3,3 M€ para distribuir Frutas e Legumes nas Escolas

frutas-legumas-escolasOs envelopes nacionais para o programa de distribuição de frutas e legumes nas escolas no próximo ano letivo foram hoje aceites pelos Estados membro, cabendo quase 3,3 milhões de euros a Portugal, conforme divulgado pela Comissão Europeia.

Segundo informação de Bruxelas, Portugal vai receber 3.284.967 euros para o ano letivo 2015/2016, co-financiados a 85%, de um total de 150 milhões de euros com uma média de co-financiamento de 79% nos 25 Estados membro que integram o programa.

A Comissão Europeia prevê que 12 milhões de crianças sejam abrangidas pela distribuição de frutas e legumes nas escolas, sendo que os fundos europeus deverão ser complementados com verbas nacionais ou privadas no valor total estimado em 32 milhões de euros.

Criado em 2009, o programa tem como objectivo promover o consumo de vegetais e frutos especialmente entre as crianças, bem como hábitos de alimentação saudáveis e, consequentemente, o combate à obesidade.

No programa, que se insere na Política Agrícola Comum, (PAC), participam 25 Estados-membros, sendo a Finlândia, o Reino Unido e a Suécia as excepções.

Ler aqui.