Porto: investigadores criam robot para limpar florestas

Um grupo de investigadores do INESC TEC, no Porto, criaram um robot destinado à limpeza das florestas.

O objetivo deste robot é a diminuição dos custos de uma operação deste tipo, que pode custar milhares de euros.

Além disso, o engenho pode ter ainda o efeito secundário de diminuir o risco de incêndios.

Esta máquina tem ainda uma boa autonomia e pode andar sozinha na floresta.

«É como se fosse um trator normalíssimo mas sem lugar para o condutor. Tem um conjunto de sensores que o permite ver e selecionar o que vê na floresta e cortar», conta o investigador Filipe Santos à TSF.

Fonte: TSF