Porquê divulgar a cultura do morangueiro

Por Pedro Nogueira Brás de Oliveira | Diretor do Suplemento Pequenos Frutos | Investigador auxiliar no INIAV

morango

Parece um pouco estranho falar-se da divulgação das culturas mas existem alguns frutos, pouco conhecidos dos produtores e dos consumidores, em que toda a divulgação que se consiga fazer é importante, principalmente no grupo dos Pequenos Frutos.

No entanto, parece um paradoxo falar-se na divulgação da cultura do morangueiro uma vez que Portugal importa mais de 16 mil toneladas para consumo interno e produz cerca de 10 mil.

Já muito foi escrito sobre as razões do declínio da área de morango cultivada em Portugal, atualmente inferior a 400 hectares, e não cabe neste pequeno editorial enumerar as diferentes razões mas existem algumas que são inquestionáveis: as reduzidas margens brutas da cultura, a concorrência de Espanha, a necessidade de especialização do produtor em relação aos mercados para onde pretende exportar.

Assim, a divulgação de formas diferentes de produzir e de variedades específicas para mercados específicos torna-se de extrema importância.

Foi pois uma decisão consciente dedicar este número da revista à cultura do morangueiro uma vez que urge reerguer uma cultura tão do agrado dos consumidores portugueses.

Com a aprovação dos grupos operacionais para as culturas de pequenos frutos, surge a necessidade de criar uma secção nova dedicada à divulgação da sua atividade, transmitindo-se assim, de uma forma rápida e extremamente eficaz, toda a inovação técnica criada no desenrolar da atividade dos referidos grupos.

Por último reproduzo aqui as palavras do futuro produtor de mirtilos, Gil Correia, que sintetiza tudo aquilo que nos move quer seja na revista, grupos operacionais ou inúmeras outras tarefas profissionais, “… aliado à paixão que nutrimos por este projeto, acreditamos que caminharemos para o sucesso”.

Nota: Editorial da edição n.º 22 do Suplemento Pequenos Frutos, publicado com a Revista Agrotec 26.

Para aceder à versão integral, solicite a nossa edição impressa. Contacte-nos através dos seguintes endereços:

Telefone 225899620

E-mail: marketing@agropress.pt