Pequenos frutos: atividade em crescimento na Região Norte

Por Luísa Hipólito, José Rocha Fernandes e Manuel Cardoso | Direção Regional de Agricultura e Pescas do Norte

pequenos frutos

O PDR2020 tem mantido o apoio que, nos últimos anos, tem sido dado ao investimento nos pequenos frutos, o mirtilo, a framboesa, a groselha e a amora: desde 2014 até 2017 foram apoiados 1160 ha de plantações a nível nacional, sendo que, correspondendo a um total de 606 pedidos de apoio, 424 dos quais reportam-se a jovens agricultores, o que é substantivamente importante.

Em 2009, a área total plantada era de apenas 237 ha a nível nacional, dos quais 8,74% (20,71ha) se localizavam na região Norte. Aqui, era então a framboesa a espécie mais cultivada, 78% da área, enquanto que a ocupada por mirtilo, de apenas 2,44 ha, correspondia a 12 % da área total de pequenos frutos. Quanto às amoras e groselhas, a sua representatividade era diminuta, de 7% e 3% respetivamente.

quadro

Na região Norte, já com o PRODER 2007 – 2013, houve uma forte adesão dos investidores, a par de um processo de rejuvenescimento do setor agrícola com as medidas de apoio à primeira instalação de jovens agricultores.

Foram então aprovados 600 projetos de investimento, dos quais 97,5% (578 projetos) de jovens agricultores em fase de 1ª instalação como empresários agrícolas. Desta adesão resultou a intenção de plantação de cerca de 810 ha de pequenos frutos, 81% dos quais com a cultura de mirtilo, 11,4% com framboesa, 5% com groselha e 2,8% com amora, tendo sido já então aprovado um valor de investimento da ordem do 60 milhões de euros.

Com a mudança de quadro comunitário manteve-se uma forte adesão à atividade de pequenos frutos a partir de 2014. De facto, no âmbito do PDR2020 e até final de 2017, foram aprovados 526 projetos de investimento na Região Norte, 74% dos quais de jovens agricultores em 1ª instalação.

Este número revelou uma aprovação média anual de candidaturas maior que no anterior quadro comunitário, com aprovação, só nestes 4 anos, de um valor de investimento superior a 67 milhões de euros. É notável!

Este esforço de investimento no setor de atividade dos pequenos frutos resultou num aumento das áreas de plantações e das respetivas produções, a nível nacional, sendo de salientar as culturas de mirtilo e de framboesa.

(Continua).

Nota: Este artigo foi publicado na edição n.º 24 do suplemento Pequenos Frutos, publicado com a Revista AGROTEC.

Para aceder à versão integral, solicite a nossa edição impressa.

Contacte-nos através dos seguintes endereços:

Telefone 225899620

E-mail: marketing@agropress.pt