Ovibeja, que celebra 30 anos, abre na quarta-feira

ovibeja 2013O apelo ao uso eficiente de água marca a edição deste ano da maior feira agropecuária do sul do país, a Ovibeja, que arranca na quarta-feira e celebra 30 anos a mostrar “todo o Alentejo deste mundo”.

A Ovibeja, que vai decorrer até ao dia 28 no Parque de Feiras e Exposições de Beja, com “mais de mil expositores”, está “esgotada”, adiantou à agência Lusa Castro e Brito, presidente da associação ACOS – Agricultores do Sul, a organizadora da feira.

“Vamos celebrar os 30 anos em grande”, disse, referindo que o cartaz de espectáculos deste ano, um dos principais atractivos da feira, é “de luxo” e promete atrair “muitos visitantes”, sobretudo jovens.

Segundo o responsável, a 30.ª Ovibeja, que no primeiro dia terá entradas gratuitas até às 17:00, vai celebrar o Ano Internacional da Cooperação pela Água, apelando ao uso eficiente da água, através de uma exposição didáctica e interactiva.

A exposição “H2OJE – Pelo uso eficiente da Água”, com programação própria para vários públicos, abordará “as actuais pressões sobre os recursos hídricos do planeta e alerta para a necessidade inadiável de uma gestão eficiente deste recurso finito, para bem das gerações futuras”, segundo a ACOS.

Devido à importância da gestão eficiente da água na agricultura, a Ovibeja terá mais quatro hectares de exposição, onde estará “O Campo da Feira”, com demonstrações de culturas, equipamentos e tecnologias de regadio representativas de boas práticas nas actividades agrícolas existentes no Alentejo.

A Ovibeja volta a ser destino incontornável de uma “romaria” de políticos, entre governantes e líderes partidários, estando previstas as presenças do secretário de Estado Adjunto do primeiro-ministro, Carlos Moedas, e da ministra da Agricultura, Assunção Cristas, na quarta-feira, o primeiro dia da feira.

Segundo a ACOS, Carlos Moedas irá participar na inauguração da escultura comemorativa do 30.º aniversário da Ovibeja, marcada para as 12:30, e Assunção Cristas estará presente na sessão de abertura da feira, a partir das 15:00.

A escultura em betão de uma ovelha com mais de três metros de altura, da autoria da escultora Margarida de Araújo e situada na avenida principal do recinto da feira, é também uma homenagem ao associativismo agrícola, que originou a ACOS e a Ovibeja.

A feira vai também ser palco de vários colóquios sobre assuntos do mundo agrícola, como a Política Agrícola Comum (PAC), Alqueva e os desafios do regadio para o século XX, mercado do azeite e os novos desafios do porco de raça alentejana.

Uma mostra temática e interactiva sobre vinhos e azeites, a 17.ª Grandiosa Corrida de Touros Ovibeja, a 18.ª Mostra de Aves, exposições, concursos e leilões de gado, comércio de produtos, gastronomia, provas desportivas e exposições de empresas e instituições são outras ofertas da feira.

Fonte:  Lusa (via Agroportal)