ONU lança alerta sobre risco de contaminação da gripe aviária

O número de casos de gripe aviária devido ao vírus H7N9 pode crescer nos próximos dias, alertou a FAO nesta segunda-feira. O risco vem da Ásia: a movimentação de pessoas no feriado do Ano Novo na China, celebrado no dia 31 de janeiro, pode espalhar a doença, que já infetou 30 pessoas desde o início do ano.

A expectativa é que milhões de aves sejam transportadas por pessoas nas viagens pelo país durante o feriado. Além disso, muitos desses animais serão abatidos dentro das casas. Apesar das medidas para reduzir riscos, como o encerramento temporário de mercados de aves vivas e algumas iniciativas para aumentar as condições de higiene, a China e os restantes países precisam de estar em alerta.

“O vírus continua a circular nas aves sem mostrar sinais clínicos. O risco para os humanos permanece, especialmente nos próximos tempos e principalmente durante o período do feriado do Ano Novo chinês”, disse Juan Lubroth, chefe do departamento veterinário da FAO.

Ler mais aqui.