Nova tecnologia de detecção de fungos em videiras premiada no Concurso Nacional de Inovação BES

A 9ª edição do Concurso Nacional de Inovação BES distinguiu um projecto que possibilita a detecção precoce de fungos infecciosos nas plantas jovens das videiras, que utiliza a tecnologia Screen Wood.

Com esta tecnologia, ao detectar-se precocemente os fungos infecciosos nas plantas jovens das videiras, permite a sua eliminação antes da implantação de uma nova vinha. Esta análise é realizada através de uma análise por raios X capazes de detectar as estrias características de infecção fúngica no interior das plantas.

O projecto foi desenvolvido pela equipa de Ricardo Chagas, do Instituto Superior de Agronomia da Universidade de Lisboa no decorrer do projecto QREN/Adl.

Para além do projecto Screen Wood distinguido no âmbito dos Recursos Naturais, foram ainda premiados mais 3 projectos, um que pretende desenvolver uma forma de vacinação eficaz contra a malária, e que foi o grande vencedor, e os projectos bioM – Wearable Gesture Recognition e C2C – Supercondensadores que foram os vencedores nos sectores das Tecnologias de Informação e Serviços,  e Processos Industriais, respectivamente. Ao conjunto dos projectos distinguidos foi atribuído um valor total de 265 mil euros em prémios.

A cerimónia de entrega dos prémios decorreu dia 29 Novembro, no espaço do BES Arte & Finança, com a presença do Presidente da Comissão Executiva do Banco Espírito Santo, Ricardo Salgado, do CEO da Vision-Box, Bento Correia, além dos representantes de cada um dos projectos a concurso e várias figuras de destaque nas áreas da inovação, ensino e empreendedorismo.

Fonte:  LPM (via agroportal)