Mirtilo: empresa lança seguro que garante “preço mínimo” ao produtor

serguro preco minimo mirtilo

A empresa Agriminho anunciou ter lançado um seguro de preço para a cultura do mirtilo. Em comunicado, a empresa afirma acreditar que “Portugal tem capacidade de se tornar um produtor de mirtilo de referência a nível mundial em termos de qualidade e quantidade,” tendo também a “convicção que a nível internacional o consumo continuará a ser superior à produção, de modo que o bom trabalho continuará a ser bem pago”.

Neste sentido, a empresa montou um programa de Seguro de preço para a cultura de mirtilo. O seguro de preço “visam garantir ao produtor uma compensação caso o preço da sua produção baixe de certo nível de referência previamente contratado”.

Neste caso específico, a Agriminho, mediante as condições contratuais estabelecidas pela empresa, garante o preço médio mínimo de 4,75€/kg para a fruta de mirtilo entregue a granel durante o período de abril a outubro de 2016 na cooperativa MinhoBerryCoop.

Com este seguro, ainda em ano experimental, os produtores que aderirem ao programa ficam com a certeza de, caso o preço médio de compra da sua fruta seja inferior ao valor pré-estabelecido, a diferença “será financeiramente coberta por fundos da Agriminho garantidos em parceria com uma instituição bancária”, adianta a empresa em comunicado.

Segundo a Agriminho, este seguro é essencialmente “um sinal de confiança dado à fileira e para muitos a garantia que faltava para terem consciência que não só vale a pena cultivar mirtilo como, sobretudo, vale a pena produzir bem”.