México: 300 000 toneladas de citrinos em risco devido à seca

A União de Produtores de Citrinos de Tamaulipas, um dos 31 Estados do México, informou que cerca de 300 000 toneladas de citrinos estão em risco. A organização de produtores pediu apoio ao Governo para salvar a colheita.

"Estamos a pedir principalmente apoio para fertilizar os nossos jardins, porque as nossas frutas não cresceram o suficiente devido à intensa seca" afirmou Javier Ibarra Echartea, líder da organização.

Os municípios mais afetados pela seca são Hidalgo, Padilla, Güemez, Ciudad Victoria, Llera, San Carlos, Soto La Marina e Abasolo, onde estão em risco as colheitas de quase 20 000 produtores.

"Os citrinos são a principal atividade económica agrícola da região, gerando mais de 600 000 empregos diretos, além de muitos indiretos". 

O México é um dos principais produtores de citrinos do mundo, produzindo mais de 6,8 milhões de toneladas de citrinos por ano. As exportações são muito importantes para a sua economia.