Mercado europeu de tratores em queda

Os dados constam do relatório do Comité Europeu de Máquinas Agrícolas (CEMA) e dão conta de que o mercado europeu de tratores agrícolas registou uma queda de 6,7% em 2016, em comparação com 2015.

O documento dá conta de que nos mercados alemão e francês, a procura registou uma diminuição de 10,8% e 6%, respetivamente. Itália e Reino Unido acompanharam igualmente a tendência.

De recordar que a Espanha foi maior mercado onde a procura subiu mais em 2016, alcançando +7,8% de unidades matriculadas.

Neste segmento estão considerados no relatório os seguintes países: Áustria, Bélgica, Bósnia-Herzegovina, Croácia, Dinamarca, Estónia, Finlândia, França, Grécia, Hungria, Islândia, Irlanda, Itália, Letónia, Lituânia, Moldávia, Holanda, Noruega, Polónia, Portugal, Sérvia e Montenegro, Eslováquia, Eslovénia, Espanha, Suécia, Suíça e Reino Unido.