Jornadas Hospital Veterinário Muralha de Évora chegam em março

evora

O Hospital Veterinário Muralha de Évora, em parceria com a Equimuralha, vão realizar a 10ª edição das Jornadas Hospital Veterinário Muralha de Évora, nos próximos dias 2 e 3 de março, no Évora Hotel.

Nas comemorações dos 20 anos do Hospital e dos 10 anos de Jornadas, o mote para o evento é “Inovar na Produção e Saúde Animal”.

As Jornadas do Hospital Veterinário Muralha de Évora são o maior encontro técnico sobre bovinos de carne em Portugal.

Este certame destina-se a produtores pecuários, criadores e proprietários de cavalos, médicos veterinários, enfermeiros veterinários, auxiliares veterinários, estudantes bem como a outros profissionais do setor agropecuário.

Na última edição, as Jornadas do Hospital Veterinário Muralha de Évora, contou com mais de 600 participantes, 55 oradores, 36 palestras e 9 workshops.

Este ano, as alterações climáticas são um tema, que merecerá especial destaque; o seu impacto a nível global, as implicações a nível agrícola, epidemiológico e económico são uma preocupação de todos os que estão ligados ao setor agropecuário.

Neste contexto serão abordados temas como a prevalência de doenças transmitidas por vectores e as novas tecnologias aplicadas à produção pecuária. Oradores nacionais e internacionais irão marcar presença, entre os quais se destaca o brasileiro Osler Desouzart - consultor do World Agricultural Forum com uma palestra sobre o “Mercado mundial da exportação e consumo da carne de bovino” e Jorge Pinto Ferreira, médico veterinário membro da OIE e Consultor internacional, que nos apresentará um plano para tentarmos “vencer” a Resistência aos antibióticos.

O primeiro dia culminará com uma mesa redonda sobre estratégias de adaptação às alterações climáticas, composta por um painel de excelência.

Na sala dedicada aos equinos, vamos refrescar temas de reprodução, nomeadamente em relação ao garanhão com baixa qualidade de sémen e ao panorama atual das transferências de embriões, numa altura em que a venda de cavalos e de sémen está em expansão.

Haverá um segundo bloco de palestras dedicado à medicina desportiva, em que serão abordados temas inovadores como o core training, deteção de claudicações durante o exercício montado e medicinas alternativas adaptadas à otimização do rendimento em cavalos de competição.

Para finalizar, um bloco de nutrição equina em tempos de crise abordando estratégias de adaptação às alterações climáticas, temas que estão também na ordem do dia.

No segundo dia de Jornadas contamos com palestras mais específicas como a falha de imunidade nos vitelo ou mamites em vacas de carne.

As medidas de controlo da tuberculose na interface bovinos-espécies silvestres continuam a merecer especial atenção.

Relativamente aos pequenos ruminantes, haverá uma abordagem sobre dicas práticas para o controlo de ronha; serão também apresentados alguns resultados do projeto GEN-RES Alentejo, que tem como objetivo principal o desenvolvimento de ferramentas genéticas que permitam apoiar os criadores na seleção de animais resistentes a parasitoses e peeira.

Será pela primeira vez apresentada no sul do país, a nova Norma de Certificação de IBR e BVD em Portugal com alguns pormenores relativamente à sua aplicação.

No dia 3 de março, irão decorrer vários workshops para produtores, criadores cavalos e médicos veterinários, promovendo a atualização de conhecimentos e a partilha de experiências.

Aqui, os participantes poderão privilegiar de sessões mais interativas, adquirindo novas competências, contribuindo para a melhoria da produtividade e competitividade, das explorações de produção animal no Alentejo.

Este ano o Hospital Veterinário Muralha de Évora e a Equimuralha convidam todos os interessados a submeterem resumos, até dia 15 de fevereiro, para a 1ª edição do concurso de pósteres científicos “Transferência de conhecimento: da investigação à prática”.

Serão apresentados trabalhos originais de investigação, casos clínicos ou casos de estudo, trabalhos de tecnologias aplicadas à produção animal em ruminantes (carne, leite e lide), equinos e silvestres, assim como trabalhos de revisão bibliográfica.

Simultaneamente e em parceria com o Monte Selvagem Reserva Natural, irão decorrer as 4as Jornadas Monte Selvagem – Animais Selvagens.

Nas 10as Jornadas foi estabelecida uma parceria com a Associação Portuguesa de Criadores e Touros de Lide (APCTL) e haverá um círculo de palestras destinadas à Raça Brava de Lide.