Importações de frutos secos dos EUA para a UE não necessitam de certificado fitossanitário

A Comissão Europeia e vários inspetores dos Estados-membros confirmaram que uma ampla lista de frutos secos produzidos nos Estados Unidos da América não necessitam de certificado fitossanitário para entrar na União Europeia.

amendoa

A lista de frutos secos inclui amêndoas, pistache, nozes, castanhas e avelãs, no entanto, os importadores comunitários podem necessitar de um certificado se reexportarem estes frutos para outros mercados fora da União Europeia que requeiram certificado fitossanitário.

No caso das importações procedentes dos Estados Unidos e frutos secos de outro país devem ser verificados os requerimentos fitossanitários.

Por exemplo, não há requerimentos de documentação para as importações de nozes procedentes do México para a União Europeia, ou seja, os lotes de nozes de origem mexicana e dos Estados Unidos procedentes dos mesmos e destinadas à União Europeia não necessitam de certificado fitossanitário.

Fonte: Agrodigital