Governo alarga prazo de candidaturas de agricultores aos apoios da PAC até 15 de maio

O Ministério da Agricultura, do Mar, do Ambiente e do Ordenamento do Território (MAMAOT), através do Instituto de Financiamento da Agricultura e Pescas, I.P. (IFAP) resolveu prolongar o período de candidaturas para o Pedido Único de Ajudas (PU) até ao próximo dia 15 de maio de 2013.

Segundo o Secretário de Estado da Agricultura, José Diogo Albuquerque: “Depois de pela primeira vez se ter conseguido antecipar a abertura do período de candidaturas para o Pedido Único de Ajudas (PU) para 1 de fevereiro, resolvemos agora dar mais algum tempo extra para que os nossos agricultores possam continuar a submeter as suas candidaturas e assim aproveitar os apoios agrícolas que têm à sua disposição”.

O Pedido Único é o formulário que permite a candidatura aos apoios da Política Agrícola Comum (PAC), abrange: o Regime de Pagamento Único, os apoios ligados à produção e os pagamentos complementares para a proteção e valorização do ambiente, melhoria da qualidade, sistemas de agricultura economicamente vulneráveis no sector do leite e medidas agroambientais para o sector olivícola e pastoreio extensivo, bem como a determinadas ajudas do Desenvolvimento Rural, nomeadamente as relativas às Medidas de Apoio às Zonas Desfavorecidas (MZD) e as Medidas Agro-Silvo Ambientais (ASA).

Fonte: Oje