Goji: nova variedade - FPW 07

Texto: Agriminho

goji

No caso da baga de Goji, presentemente, o leque de variedades disponíveis é muito diminuto, tendo, geralmente, como origem plantas destinadas a fins ornamentais ou, pior, procedentes de semente, portanto, com grande diversidade fenotípica.

Por estas razões, é comum ouvirmos os produtores portugueses lamentarem-se com problemas como ataques do fungo Oídio, e frutos com sabor desagradável.

A empresa FPW-developpement apresentou recentemente o clone FPW-07, que resolve inúmeras das dificuldades sentidas pelos produtores.

Este clone, resultado do programa de melhoramento da espécie, foi obtido por melhoramento vegetal clássico, sendo disponibilizado para teste em Portugal na Primavera de 2018, o que será feito, e é nosso orgulho, através da AGRIMINHO.

O clone de Goji FPW-07 apresenta notáveis características que o recomendam enormemente para quem pretende, agora, iniciar uma plantação de Goji ou renovar uma já existente.

Resumidamente, e até ao momento, destacamos as seguintes características, por nós testemunhadas:

1 – IMUNIDADE ao Oídio. A tolerância que se tem registado ao Oídio, aparentemente total, é por si só motivo para se recomendar a plantação deste clone. Tornando-se na primeira opção válida para quem pretende trabalhar em Modo de Produção Biológico. 

2 – Vigor extraordinário – Crescimento notável, ultrapassando os 2 metros em menos de 2 anos. A Primeira colheita comercial começa no segundo ano.

3 – Frutos maciços – Ao contrário de muitas variedades que são relativamente “ocas” embora exteriormente de bom tamanho, o clone FPW-07 é denso, sem cavidades e, por isso, com alto peso específico, que lhe asseguram uma grande economia no momento da colheita e rendimentos insuperáveis com outras variedades.

4 – Frutos de maior calibre – Os frutos são muito grandes, acima das média da maioria das variedades comerciais vendidas na Europa (ver fotos comparativas). Conjugando-se, assim, o facto de serem frutos mais densos, apresenta um excelente retorno do investimento!

5 – Sabor agradável – Não adstringente e sem amargor Sem ser surpreendente, é um fruto que se pode comer com prazer, deixando um bom “final de boca”, e melhor do que qualquer variedade que já provámos.

6 – Doce – Fruto com elevado teor de grau brix, que o recomenda não só para o consumo em fresco como para a desidratação. Lembrando que algumas variedades de Goji têm açúcar adicionado na desidratação para tornar o fruto palatável.

A AGRIMINHO, como representante exclusiva da variedade na Península Ibérica e Brasil, aceita um número limitado de encomendas para plantação na próxima primavera de 2018.

Quem estiver interessado deve contactar a Agriminho através do seguinte meio:

E-mail: agriminho@gmail.com