“Frutos 2017” regressa às Caldas da Rainha em agosto

A “Frutos - Feira Nacional de Hortofruticultura das Caldas da Rainha” (Frutos 2017), promovida pela Câmara Municipal, volta ao Parque D. Carlos I entre 18 e 27 de agosto.

frutos

O evento, que foi durante os anos 70, 80 e 90 um dos mais importantes da área a nível nacional, voltou a decorrer em 2016 e tornou-se uma representativa montra do que melhor se faz no setor da hortofruticultra em Portugal.

Entre as várias actividades, destaque para showcookings de chefs conceituados, exposições, workshops, cerâmica, jornadas técnicas, visitas acompanhadas a pomares, entre outras.

«Depois do sucesso da Frutos 2016, não tivemos dúvidas em realizar a segunda edição. Agora o nosso objectivo é corrigir alguns erros e, acima de tudo, inovar. Esta é uma das principais feiras do setor em Portugal e tem a grande vantagem de reunir duas componentes: a técnica e a artística. Se, por um lado, a fruta é o ponto de partida e há um conjunto de atividades em torno da mesma, também o cartaz cultural foi uma prioridade para podermos atrair o maior número de pessoas. Este é um evento que decorre no parque mais emblemático das Caldas da Rainha, para que as pessoas que nos visitam possam sentir a vida da cidade, sendo que o objetivo é também promover o turismo das Caldas e da região», salienta Fernando Tinta Ferreira, presidente da Câmara Municipal das Caldas da Rainha.

A Frutos está dividida em várias áreas de forma a haver por todo o parque diversas atividades a decorrer em simultâneo.

Novidades deste ano:

- Espaço Fruta Viva, onde se poderá comprar os produtos diretamente aos produtores locais e ter acesso a informação importante sobre a importância da fruta na alimentação quotidiana.

- Espaço Entrega de Compras, para que as pessoas possam durante a feira comprar fruta, mas recolhê-la apenas no momento de saída.

- Espaço Máquina do Tempo, onde as pessoas poderão reviver o passado da feira em 3D.

- Espaço Produtos Biológicos e o Espaço Nutrição e Bem Estar comprovam mais uma vez a preocupação dos organizadores em tornar a fruta o ponto central de uma vida saudável.

Após a apresentação oficial da Frutos 2017, esta marcará presença pela primeira vez no Festival Internacional de Chocolate de Óbidos, através de um showcooking que integrará a fruta e o chocolate, realizado pelo chef David Gomes da Escola de Hotelaria e Turismo do Oeste, no próximo dia 25 de Março às 13h00.

Recorde-se que a Feira Nacional da Hortofruticultura, que realizou 27 edições desde 1979, foi uma alavanca fundamental no apoio, modernização e divulgação da fileira dos frutos e hortícolas que se produzem em Portugal.

«Desde a primeira edição que suscitou grande interesse, congregando enorme adesão institucional e popular pelo seu carácter diverso e inovador e pela qualidade das suas jornadas técnicas que fazem a ligação entre a investigação, a experimentação, os fruticultores e os técnicos», lembra a organização.

A grande missão é dar competitividade ao setor, reforçar e melhorar as condições de acesso ao mercado das grandes áreas de distribuição nacional e divulgar as características dos produtos de qualidade sob o lema “mais e melhores frutos e hortícolas portugueses”.

«Pretende-se que esta feira seja reconhecida nacional e internacionalmente como um centro de referência no domínio da hortofruticultura, na reflexão sobre os temas atuais e na produção da diversidade da oferta que atraia públicos diversificados», concluem os organizadores.