Fruticultura exige mais investigação, tecnologia e organização – 3º Simpósio Nacional

Fruticultura_FotoA fruticultura portuguesa precisa de mais investigação, mais investimento em novas tecnologias e maior organização para poder assumir-se como um setor impulsionador da economia nacional. A conclusão é de Ana Paula Silva, docente e organizadora do 3º Simpósio Nacional de Fruticultura (3º SNF), que vai decorrer nos próximos dias 4 e 5 de dezembro, na Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (UTAD).

“Necessitamos de uma estrutura produtiva mais eficiente, apoiada em novas tecnologias que garantam uma produção sustentável e rentável. O equilíbrio dos ecossistemas e a produção segura de alimentos, enaltecendo os seus efeitos benéficos na saúde, são também condições fundamentais para criar uma nova dinâmica em toda fileira”, esclarece Ana Paula Silva.

Desta forma, segundo a também investigadora do Centro de Investigação e de Tecnologias Agroambientais e Biológicas (CITAB), podem ultrapassar-se uma série de condicionalismos do setor como “as baixas produtividades registadas, os estudos incipientes sobre o comportamento de variedades nacionais, a falta de organização da fileira e as dificuldades de venda e escoamento”.

O panorama da comercialização da fruta nacional vai estar em discussão numa mesa redonda com várias empresas e intervenientes desta atividade.

“Queremos tornar este simpósio um local de discussão de ideias entre todos os agentes e todos os envolvidos na fileira, de modo a conseguirmos desenvolver este setor, que pode dar um enorme contributo à economia portuguesa”, salienta Ana Paula Silva.

O evento vai juntar mais de 150 produtores, técnicos e investigadores que vão apresentar cerca de 100 estudos científicos, com abordagens inovadoras. “Como pode o design acrescentar valor à fruticultura?”, “Fruta – a verdadeira fast food” e “Atividade antioxidante de polpa de maracujá, comparação entre polpa fresca e comercial embalada” são três exemplos de comunicações a decorrer.

O 3º SNF é organizado pela UTAD, CITAB, Associação Portuguesa de Horticultura e Centro Operativo e Tecnológico Hortofrutícola Nacional.

Para mais informações e para ver o vídeo promocional do evento poderá aceder ao site do simpósio em http://www.citab.utad.pt/snf2014. A AGROTEC é media partner do evento.