França quer abandonar glifosato dentro de cinco anos

glifosato

Os ministros da Agricultura e do Ambiente de França apresentaram, recentemente, um plano para pôr termo ao uso do glifosato no país.

O calendário previsto pelo Governo francês impõe que tal aconteça dentro de cinco anos, sendo que o Executivo garante que os agricultores não ficarão sem alternativas.

Este prazo de cinco anos coincide com a atual autorização do herbicida na União Europeia.

Reforço de medidas de apoio, criar um centro de recursos, mobilizar as redes territoriais e controlar as quantidades de produto vendidas que usam o herbicida são os grandes objetivos do Governo francês.