Exportações de Vinhos Portugueses rondaram os 730 milhões de Euros em 2014

Vinhos Portugueses

As exportações de vinhos portugueses cresceram 1,1 por cento em 2014, face ao ano anterior, rondando os 730 milhões de euros, dos quais 55% corresponderam a vendas para o mercado europeu, revela um estudo da consultora Informa D&B.
O trabalho sobre o sector do vinho em Portugal realça «o crescimento contínuo das vendas de vinho português nos mercados externos» e lembra que as exportações se situaram perto dos 730 milhões de euros em 2014, face a 582 milhões contabilizados em 2009.
 
O comportamento anual das exportações entre 2009 e 2014 tem originado um aumento significativo do saldo positivo (em inglês “superavit”) da balança comercial do sector, salienta o estudo.
 
Cerca de 65 por cento das exportações correspondem a vinhos com Denominação de Origem Protegida (DOP), destacando-se o vinho do Porto, com uma participação sobre o valor total próxima dos 45%. No conjunto dos países da União Europeia, o destaque vai para a França e o Reino Unido como os principais mercados de destino das exportações portuguesas para a Europa.
O trabalho especifica ainda que o volume de produção provisório de vinho na colheita de 2014-2015 se situou em 5,9 milhões de hectolitros, menos cerca de 5% em relação à colheita de 2013-2014, em que tinha registado uma queda de 1,1%. A superfície vitivinícola em Portugal tem também seguido nos últimos anos uma tendência de redução.
Em 2013 situou-se em 224 mil hectares, o que representou menos 2,9% do que no ano precedente e um retrocesso de 6% face a 2005.
O número de empresas com atividade no setor, por seu lado, cresceu no período de 2010 a 2013, situando-se nas 823 no último ano, enquanto o volume de emprego gerado se manteve na casa dos oito mil trabalhadores.
Cerca de 75% das empresas produtoras de vinho em Portugal emprega menos de 10 pessoas e apenas cerca de 25 têm mais de 50 trabalhadores.
Ler aqui.