Cultura do pistácio em debate em Lérida

O cultivo do pistácio estará em debate numa conferência técnica na Feira Agrícola São Miguel e Salão Eurofruit, que decorrem, em simultâneo na Feira de Lérida, entre 28 de setembro e 1 de outubro de 2017.

pistacio

A situação atual e o potencial desta cultura, bem como aspetos técnicos são os temas centrais na conferência que se realiza a 29 de setembro, entre as 16h00 e as 20h00, no recinto da feira.

O seminário, organizado pela Ibercaja, divide-se em duas partes: a primeira dedicada ao tema “O cultivo do pistácio, 40 anos de experiência. Porquê plantar pistácio? Investimento, produção, cultivo e comercialização”.

“Pistácio, propagação alternativa. Enxerto, padrões de propagação” é o tema da segunda parte da conferência.

O cultivo do pistácio está a atravessar uma forte expansão da Península Ibérica.

Na década de 90 do século XX a área plantada era quase insignificante. Atualmente temos hoje cerca de 5000 ha

Dos 5000 hectares plantados em Espanha (1% do total da área global é de pistácio). A maioria está concentrada em Lérida, Extremadura, Granada, Almeria e Castilla-La Mancha, com uma produção anual superior a 1500 toneladas .

Em todo o mundo há uma área total plantada de 550.000 h., sendo que a produção mundial ultrapassa 1 milhão de toneladas.

Os especialistas acreditam que a cultura do pistácio na Europa irá crescer entre 5 e 10 vezes nos próximos anos.