FacebookLinkedin

Agrotec

Comissão Europeia vai fazer tudo para impedir que China prejudique o setor vinícola da EU

O comissário europeu para o comércio, Karel De Gucht, afirmou que a Comissão Europeia tem estado em contacto permanente com as autoridades chinesas, depois de estas terem anunciado, em julho passado, a abertura de uma investigação profunda às importações chineses de vinhos europeus por suspeita de práticas de dumping social e de atribuição de subsídios ilegais às empresas europeias.

Karel De Gucht disse ainda que a Comissão Europeia está muito atenta às medidas que as autoridades chineses possam vir a tomar em prejuízo das exportações de vinhos europeus que violem as normas da Organização Mundial de Comércio (OCM). A verificar-se essa violação, «a comissão não terá qualquer hesitação em adotar as medidas necessárias».

Vários responsáveis de associações europeias representativas do setor vinícola manifestaram já o seu repúdio ao comportamento das autoridades chineses, denunciando-as como uma forma de impôr medidas de protecionismo comercial contrárias às normas de OMC.