Chícharo em destaque em Alvaiázere

O evento “Alvaiázere Capital do Chícharo”, edição de 2017, decorrerá entre os dias 9 e 13 de junho de 2017.

Haverá espaços dedicados às tasquinhas e às mostras de produtos regionais, económica, artesanato e pecuária naquele que é já um festival gastronómico consagrado na região.

O chícharo é uma leguminosa semelhante, em aspeto, ao tremoço, de cultivo fácil, muito nutritivo e que pode ser cozinhado da mesma forma que o feijão, acompanha pratos tão diferentes como peixe, enchidos, bacalhau, entrecosto, cabrito, sopa, migas e tartes.

E são estes e muitos outros pratos que estarão à prova em Alvaiázere numa organização do município local.

Durante o evento haverá tasquinhas, workshops dedicados ao chícharo mas também provas culinárias de sabores locais.

O chícharo, quase desconhecido em Portugal, têm em Alvaiázere, na região centro, uma longa tradição.

É igualmente conhecido por «xíxaras» embora, na designação oficial, surja identificado como chícharo, uma leguminosa rica em proteínas, hidratos de carbono e sais minerais, cultivada desde épocas remotas como planta forrageira ou como legume comestível.

Elemento característico da região de Alvaiázere, distrito de Leiria, a cultura do chícharo é normalmente feita de forma intercalar entre oliveiras, figueiras e outras árvores de produção, aparecendo também associada ao cultivo do grão-de-bico.

Os relatos das gentes da região, segundo o município de Alvaiázere, dão conta de que antes de se consumir o chícharo deve ser demolhado e pode ser utilizado de diferentes formas, em puré, ou como acompanhamento de carnes, enchidos e peixes.