Cereais: Colheita recorde de milho e aumentos no trigo e soja segundo o USDA

Este ano espera-se uma colheita recorde de milho, tanto nos EUA como a nível mundial, de acordo com o último relatório de previsões (WASDE) publicado pelo Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA). Para a campanha 2013/14 prevê-se uma colheita mundial de 965,9 milhões de toneladas, o que supõe quase 109 milhões de toneladas mais que a campanha anterior. Este aumento deve-se a colheitas excepcionais no Brasil e Argentina, mas também a melhores valores na UE-27, China e nos antigos estados soviéticos.

A maior produção mundial de milho também vai ser acompanhada de um maior consumo, 936,7 milhões de toneladas (73 milhões mais que na campanha anterior). Não obstante, as existências no final da campanha seriam de 29 milhões de toneladas mais elevadas que na campanha precedente, chegando a 154,6 milhões de toneladas, sendo o valor mais alta dos últimos 13 anos.

No caso do trigo também se espera uma colheita abundante a nível mundial (701 milhões de toneladas) e na maior parte dos países produtores prevêem-se produções superiores às do ano passado (+45,5 milhões de toneladas). Os maiores aumentos devem acontecer na antiga URSS (+30 milhões de toneladas) e na UE-27 (+6 milhões de toneladas). Os EUA são uma excepção já que a sua produção de trigo será inferior à da campanha passada (56 contra 61 milhões de toneladas).

Também o consumo se prevê seja superior (+20 milhões de toneladas), tanto com destino à alimentação humana como à animal. As existências do final da campanha chegariam a 186,4 milhões de toneladas (+6 milhões de toneladas comparativamente ao ano anterior).

A colheita mundial de soja também se espera que seja superior à da campanha precedente, aumentando 6% até aos 285,5 milhões de toneladas. Grandes colheitas na Argentina e Brasil que compensarão a queda da produção da China. O consumo também vai aumentar mas em menor proporção que o consumo (+2,7%).

Fonte:  Agrodigital (via Agroportal)