Agim aprova Plano de Atividades e Orçamento para 2014

Os associados da Agim – Associação para os Pequenos Frutos e Inovação Empresarial aprovaram por unanimidade o Plano de Atividades e Orçamento para 2014. As deliberações foram tomadas em Assembleia Geral ordinária que se realizou esta manhã, dia 29 de novembro, nas instalações do Vougapark, em Sever do Vouga.

IMG_5978

Relativamente ao Plano de Atividades, a Agim irá atuar em duas áreas principais: fileira dos pequenos frutos e no desenvolvimento económico do concelho de Sever do Vouga.

Relativamente à fileira dos pequenos frutos o Plano de Atividades aprovado pelos associados da Agim inclui a promoção e divulgação dos pequenos frutos a nível nacional; a representação e dinamização da fileira dos pequenos frutos em Portugal; a promoção do aumento de produtividade dos pomares de pequenos frutos; a promoção da cooperação entre os agentes da fileira; o desenvolvimento de ações de investigação, experimentação e demonstração; a disseminação do conhecimento e informação técnica a todos os agentes da fileira; a promoção da qualidade e a certificação dos produtos; e o apoio à comercialização na prospeção e observação de mercados internacionais.

No que respeita ao desenvolvimento económico do concelho de Sever do Vouga as iniciativas previstas para o decorrer do próximo ano passam por promover e potenciar a marca Sever do Vouga – Capital do Mirtilo; lançar as bases para criar um centro de conhecimento e de inovação em pequenos frutos no Vougapark; dinamizar o Vougapark; promover o desenvolvimento económico do concelho assente em atividades de base rural; e apoiar o processo de capacitação das empresas de Sever do Vouga.

Relativamente ao Orçamento aprovado o seu valor total ascende a 698 mil euros, sendo as fontes de financiamento provenientes de financiamentos públicos no âmbito do QREN, COMPETE, FSE – POPH, IEFP e Município de Sever do Vouga e privados, repartidos entre serviços prestados, donativos, patrocínios e pagamento de quotas.

Ao longo do ano 2013 a Agim fortaleceu o seu posicionamento enquanto associação de representação socioprofissional da fileira dos pequenos frutos. Assim, a elaboração do plano de atividades desta associação divide-se entre a sua intervenção a nível nacional e a sua intervenção a nível local, no que respeita à promoção do desenvolvimento rural do concelho de Sever do Vouga, incentivo ao empreendedorismo, à criação de empresas e de emprego.