Academia de Plantas Aromáticas e Medicinais de Alqueva cria polo na Aldeia da Luz

aldeiaDepois de em junho do ano passado a Empresa de Desenvolvimento e Infra-estruturas de Alqueva (EDIA), o Centro de Excelência e Valorização de Recursos Mediterrânicos (CEVRM) e a empresa “Monte do Pardieiro” terem criado a “Academia das Plantas Aromáticas e Medicinais de Alqueva”, PAM, outra exploração, o “Canteiro da Luz”, junta-se ao projeto criando um polo no perímetro de rega da Aldeia da Luz, concelho de Mourão.

A “Academia das Plantas Aromáticas e Medicinais de Alqueva” é uma unidade de demonstração e divulgação de produção de PAM, projetada para, em pequena escala, produzir durante todo o ano, por forma a divulgar junto dos agricultores interessados, as diferentes espécies, as operações culturais a realizar, os fatores de produção necessários, bem como os processos de comercialização.

O “Canteiro da Luz”, tal como o “Monte do Pardieiro”, é uma empresa que tem como objetivo a produção de PAM, localizada no Perímetro de Rega da Aldeia da Luz, estando vocacionada para a realização de ações de demonstração e divulgação destas culturas.

O “Canteiro da Luz” é uma empresa que, por se situar numa região a Norte do “Monte do Pardieiro”, vem complementar esta parceria descentralizando a oferta dos já conhecidos “Dias Abertos…” regularmente desenvolvidos nas explorações e que visam a divulgação e sensibilização para esta alternativa cultural, estimulando e oferecendo opções para o aproveitamento de pequenas parcelas agrícolas.