FacebookRSS feed

Agrotec

A cultura da amêndoa em Portugal e no Mundo

A CAP - Confederação de Agricultores de Portugal publicou a Newsletter Frutos & Hortícolas de outubro, com foco na cultura da Amêndoa em Portugal e no mundo.

Amêndoa CAP

Nesta edição pode encontrar informação sobre o seminário online realizado pelo Centro Nacional de Competências dos Frutos Secos e estatísticas apresentadas no decorrer deste evento referentes à produção mundial de amêndoa com casca, produção mundial de miolo de amêndoa, evolução do consumo de amêndoa, entre outros.

Este centro tem como atribuições principais, a definição de programas e desenvolvimento de acções que, através de atividades comuns entre os seus associados, contribuam para a dinamização da fileira dos frutos secos. A apresentação esteve a cargo do Professor Albino Bento, docente do Instituto Politécnico de Bragança.

Produção mundial de amêndoa com casca

Amêndoa CAP

No período considerado, constata-se que, a partir de 2014, a produção de amêndoa tem vindo a crescer de uma forma sustentada, a que corresponde também um aumento de área. A produtividade média de amêndoa com casca tem um acréscimo significativo na transição de 2014 para 2015, mantendo-se mais ou menos constante a partir daí.

Segundo o FAOSTAT 2015, os Estados Unidos da América ocupavam, destacados, o primeiro lugar da produção mundial de amêndoa com casca, seguidos a grande distância, respectivamente, pela Austrália e Espanha. Portugal detinha 0,18% da produção mundial.

Produção mundial de miolo de amêndoa 

No período 2015-2017 a produção de miolo de amêndoa cresce, a nível mundial, cerca de 13%, atingindo no último ano considerado 1 240 425 toneladas. 

Na campanha 2017/2018, 81% da produção mundial de miolo de amêndoa foi oriundo dos EUA, seguido da Austrália com 7% e da Espanha com 4%. Os restantes países produtores têm um peso de somente 7% no total produzido.

Evolução do consumo mundial de amêndoa

Na década 2004-2014 o consumo de amêndoa cresceu a um ritmo bastante interessante até 2012, mantendo-se mais ou menos estável a partir deste ano. Seria interessante avaliarmos o consumo per capita nos países analisados, mas, infelizmente, tal não foi possível. Os EUA ocupam o primeiro lugar, sendo de referir o aumento ao nível do consumo que se verificou na China a partir de 2010, embora com algumas oscilações.

Evolução da produção de amêndoa com casca na UE 

A Espanha domina a produção deste fruto a nível europeu, sendo de salientar o acréscimo de produção que se verifica em Portugal em 2017 face aos anos anteriores, a que não será alheia a plantação de grandes manchas de amendoais regados na zona de influência do regadio de Alqueva.

A situação em Portugal

Amêndoa CAP

É a partir de 2016, que se verifica um aumento significativo quer da área, quer da produção, constatando-se simultaneamente um crescimento abrupto ao nível da produtividade média, derivada, tal como já foi referido, da plantação de amendoais intensivos e super-intensivos no Alentejo.

Destes indicadores, referentes a miolo de amêndoa, é de salientar que a partir de 2016 o consumo aparente parece estabilizar acima das 5.500 toneladas (em 2018 foi de 5.608 toneladas – fonte: GPP), assim como o grau de auto-aprovisionamento, que se fixa acima dos 55% (57,4% em 2018 - fonte: GPP).