5 milhões para ajudar agricultores de Monchique

O Governo lançou um programa de cinco milhões de euros para apoiar os agricultores afetados pelos incêndios na serra de Monchique, no Algarve.

agricultura

As ajudas deverão entre 50% e 100% dos prejuízos.

O ministro da agricultura Capoulas Santos fala em 400 explorações agrícolas afetadas pelo violento incêndio que durou mais de uma semana e consumiu mais de 80% de toda a área ardida em Portugal desde o iníco deste ano de 2018.

Com quase 28 mil hectares ardidos, as contas aos prejuízos começam a ser feitas na serra de Monchique, depois do violento incêndio que afetou pelo menos 400 explorações agrícolas. O número é do ministro da agricultura.

Capoulas Santos admite que só para metade dessas explorações identificadas serão precisos, pelo menos dois milhões de euros.

Para a outra metade, ainda não estará tudo contabilizado, mas o governo aponta, para já, para um pacote de 5 milhões de euros de ajuda aos agricultores da serra algarvia.

Com investimentos entre 100 e 800 mil euros, o objetivo é apoiar a reposição de animais, de culturas permanentes, de equipamentos agrícolas, de armazéns e outras infraestruturas.

As candidaturas estão disponível desde esta quarta-feira, no site do PDR 2020, o programa de desenvolvimento regional e encerram no final de setembro.