I Congresso Luso-Brasileiro de Horticultura em novembro

cenouras

O I Congresso Luso-Brasileiro de Horticultura (CLBH2017) decorre no ISCTE, em Lisboa, de 1 a 4 de novembro de 2017.

A Revista AGROTEC e o portal Agronegócios são media partners do certame.

- Áreas temáticas para submissão de resumos

Técnicas de produção incluindo rega (irrigação) e fertilização
Mecanização e automação
Propagação de plantas e caracterização de material
Proteção fitossanitária
Cultivos protegido e hidropónico
Horticultura urbana e periurbana
Horticultura biológica (orgânica)
Seleção, embalagem, conservação e distribuição , logística de transporte, distribuição, comercialização e consumo de produtos hortícolas
Tecnologias pós-colheita
Tecnologias de processamento e processamento mínimo
Compostos bioativos em hortaliças e frutas
Melhoramento e seleção de cultivares;
Ecofisiologia das cultura

Grupo de culturas:

a) Fruticultura temperada e tropical;
b) Hortaliças;
c) Horticultura ornamental;
d) Viticultura;
e) Olivicultura;
e) Pequenos frutos;
f) Plantas Medicinais e Aromáticas;
g) Novas culturas.
i) Outras

O “I Congresso Luso-Brasileiro de Horticultura (CLBHort2017)” tem como tema a “Inovação ao Serviço dos Negócios” e será um fórum aberto a investigadores, técnicos e empresários dos diferentes ramos da Horticultura (entendida em sentido lato), a trabalhar em Portugal, no Brasil e em todos os outros países de língua oficial portuguesa (CPLP).

O evento aposta na ligação entre a pesquisa e a inovação, que é o motor do desenvolvimento na Nova Horticultura, criadora de valor, baseada no conhecimento e na sustentabilidade, em que a competitividade depende cada vez mais da capacidade de inovação.

Para isso, «contamos com o envolvimento de investigadores e parceiros empresariais na organização deste evento, com o objetivo de criar uma plataforma de translação do conhecimento voltada para os seus utilizadores e para a fileira em geral», adiantam os organizadores.

«Espera-se que o CLBHort2017 seja o início de um ciclo de encontros dedicados à cooperação técnico-científica entre empresários e cientistas de língua portuguesa, utilizando as novas tecnologias de informação, com o objetivo de melhorar o desempenho da indústria hortícola dos nossos países e aumentar a sua competitividade a nível internacional», acrescentam.

O Congresso abrange todas as áreas da Horticultura, entendida em sentido lato, estando previstas sessões sobre cada uma das áreas, nomeadamente a fruticultura e negócio da fruta, viticultura e negócio do vinho, olivicultura e negócio do azeite, horticultura herbácea e hortaliças e horticultura ornamental.

Haverá visitas técnicas a empresas comerciais portuguesas lideres nas diversas áreas hortícolas em Portugal que utilizam processos de produção de ponta (“State of the art”).

«É uma oportunidade muito relevante para encontros de negócios entre lideres (“Key players”) Portugueses e Brasileiros nas diversas fileiras hortícolas, para aprofundarem os seus conhecimentos e as relações comerciais para em parceria “atacar” o mercado global», afirma a organização.

O Congresso, que decorrerá em Lisboa (Centro de Congressos do ISCTE), de 1 a 4 de novembro de 2017, é uma organização da Associação Portuguesa de Horticultura (APH) em parceria com a Associação Brasileira de Horticultura, o Instituto Superior de Agronomia da Universidade de Lisboa (ISA – ULisboa) e a Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz da Universidade de São Paulo (ESALQ).

A Sociedade Brasileira de Fruticultura (SBF) e a Sociedade Brasileira de Floricultura e Plantas Ornamentais (SBFPO) são outras instituições relevantes a apoiar a organização deste evento.

O CLBHort 2017 tem também apoio de empresas públicas e privadas ligadas a ambos países.