Eurodeputado Capoulas Santos alerta para possível fracasso nas negociações da PAC

O eurodeputado Capoulas Santos (PS) alertou para a possibilidade de não haver acordo sobre na nova política agrícola comum (PAC) até final do mês, responsabilizando os Estados-membros pelo impasse negocial com o Parlamento Europeu.

«Se até final de Junho não for possível um acordo, a responsabilidade é do Conselho da União Europeia (UE)», disse Luís Capoulas Santos que é responsável, pelo lado do Parlamento Europeu (PE) pelos principais “dossiers” da PAC, incluindo o dos pagamentos directos das ajudas aos agricultores.

«Sem diálogo e sem negociação não há compromisso possível», acrescentou, numa conferência de imprensa em que os deputados europeus envolvidos nas negociações tripartidas, nomeadamente, PE, Conselho e Comissão Europeia, fizeram um ponto de situação.

Para Capoulas Santos é «inaceitável» que os Estados-membros tenham definido temas tabus, não negociáveis, como o da transferência de verbas entre os dois pilares da PAC, e reiterou o «empenho do PE em conseguir um acordo» ainda durante a presidência irlandesa do Conselho da UE.

O ex-ministro da Agricultura assinalou que o PE tem total empenho e disponibilidade para negociar um acordo até final de Junho, apelando ao Conselho para que participe nos trílogos «sem assuntos tabus».

Fonte: dinheirovivo (via Confagri)