Colheita da batata de semente 2016 em Montalegre

Prestes a terminar a fase de colheita dos campos de produção de batata de semente em Montalegre - resultantes da campanha 2016 - a projeção aponta para a manutenção da qualidade sanitária exigida pelos organismos certificadores (DGAV), informa o município de Montalegre.

batata

«Para já, as amostras colhidas em todos os campos foram enviadas para Lisboa a fim de serem cumpridas as análises laboratoriais de despistagem das doenças de qualidade e posterior certificação final dos lotes», informa uma nota.

A terceira campanha de promoção da batata de semente, levada a cabo pelo município de Montalegre, está em fase de recolha do produto.

«Apesar do “ano ingrato” - fruto das adversas condições climatéricas - a qualidade da produção volta a obter distinção». A garantia é dada por Nuno Reis, técnico encarregue da gestão deste investimento: «se é verdade que tivemos um ano ingrato, dado que no início da plantação houve excesso de chuva nos solos, também é verdade que continuamos com uma excelente qualidade. Iremos ter, de novo, um excelente produto».

Todavia, esclarece Nuno Reis, o rigor do ano «impediu que a produção habitual fosse cumprida». O próximo passo é colocar este emblema agrícola do concelho nos diversos canais da restauração.

Escoamento garantido

Único concelho em Portugal com batata de semente certificada, o executivo municipal defende que estamos perante «uma aposta ganha» e um investimento que «deve continuar», sendo «um exemplo da valorização do orgulho local que está a dar os seus frutos».

Neste sentido, é com agrado que o município observa as previsões que apontam para que «este ano voltemos a ter confiança no escoamento total do produto», conclui o técnico Nuno Reis.