Alerta da FAO para doença nas Bananas

bananasA FAO instou os países a intensificarem a supervisão, informação e prevenção de uma das doenças mais destrutivas da bananeira existentes atualmente no mundo, a murchidão por Fusarium (ou fusariosis), que recentemente estendeu-se desde a Ásia até África e Médio Oriente, e que poderá afetar potencialmente a América Latina.

A estirpe TR4 da doença, conhecida também como praga do Panamá, é uma séria ameaça para a produção e exportação deste famosos fruto, com graves repercussões na cadeia de valor e nos meios de subsistência que dependem da banana, segundo advertência da FAO.

A bananeira é o oitavo cultivo alimentar mais importante do mundo e o quarto cultivo entre os países em vias de desenvolvimento, segundo a FAOSTAT.

“A propagação desta doença poderá ter um grande impacto nos produtores, comerciantes e nas famílias que dependem desta indústria”, assinalou o fitopatologista da FAO, Fazil Düsünceli, acrescentando que “os países devem atuar agora se queremos evitar o pior dos cenários: a destruição massiva de grande parte dos cultivos de banana no mundo”.

A FAO recomenda ainda medidas a nível nacional para a prevenção e combate a esta doença que pode consultar clicando aqui.

Enquanto que outras estirpes da doença existem desde há muito tempo, a TR4 causou importantes perdas nas plantações de banana no sudoeste asiático nas últimas duas décadas, e foi recentemente identificada em Moçambique e na Jordânia.