24H AGRICULTURA: um exemplo do contributo da Syngenta para a melhoria da segurança alimentar

As 24H AGRICULTURA SYNGENTA, cuja 4ª edição decorre a 6 e 7 de abril na Universidade do Algarve e na Direção Regional de Agricultura e Pescas do Algarve, capacitam as novas gerações de Agrónomos para um melhor uso dos recursos em agricultura, fundamental na criação de sistemas de produção mais sustentáveis.

syngenta

Depois de Lisboa, Coimbra e Ponte de Lima, chegou a vez de Faro receber as 24H AGRICULTURA SYNGENTA.

Os estudantes de Agronomia e ciências afins já têm a data na agenda e cerca de 150 de entre eles vão disputar esta competição formativa inédita na Europa, que a Syngenta apadrinhou desde a primeira hora, participando ativamente na preparação e avaliação das provas da competição.

«As 24H AGRICULTURA SYNGENTA são mais um exemplo do claro compromisso da Syngenta e do seu contributo para a melhoria da segurança alimentar global, evidenciando a sua responsabilidade ambiental. As 24H AGRICULTURA SYNGENTA fazem parte da implementação do plano estratégico de Sustentabilidade e Biodiversidade da Syngenta - TheGoodGrowPlan – que visa contribuir para a produção de mais alimentos com menos inputs, respeitando o ambiente e as pessoas», explica Felisbela Torres de Campos, HeadofRegulatory& Business Sustainability da Syngenta em Portugal.

As provas da competição ensinam aos estudantes as Boas Práticas Agrícolas, nomeadamente, na aplicação eficaz e manuseamento seguro dos produtos fitofarmacêuticos.

Este ano estão a ser preparadas novas provas no âmbito da Agricultura Circular, que é o mote da 4ª edição das 24H AGRICULTURA SYNGENTA.

A preservação da saúde dos solos, através da Agricultura de Conservação, e o incremento de espécies polinizadoras e fauna auxiliar benéfica para as culturas através da instalação de margens multifuncionais nos campos agrícolas são dois dos temas que a Syngenta levará à competição, em linha com os compromissos de sustentabilidade que assumiu no TheGoodGrowPlan até 2020: melhorar a fertilidade de 10 milhões de hectares de terras agrícolas em risco de degradação e melhorar a biodiversidade em 5 milhões de hectares de terras agrícolas.

«As 24H AGRICULTURA SYNGENTA são uma excelente oportunidade para dar competências às novas gerações de Agrónomos e consequentemente capacitar os agricultores a fazerem um melhor uso dos recursos disponíveis, através de novas soluções tecnológicas inovadoras e seguras, fundamentais à criação de sistemas de produção mais sustentáveis e para o aumento da Biodiversidade, dada a necessidade de alimentar uma população crescente com uma dieta saudável e segura», acrescenta Felisbela Torres de Campos.

As 24H AGRICULTURA SYNGENTA são um evento da Associação Portuguesa de Horticultura (APH), com a colaboração da IAAS Portugal- Associação Internacional de Estudantes de Agricultura e Ciências Relacionadas e da SFORI, empresa de formação experiencial.

Leia mais aqui:

Agricultura circular dá o mote à edição 2019 das "24H Agricultura Syngenta"