Preços da batata ao produtor rondam os 0,05 €/Kg

batata

«O ano de 2017 vai ficar marcado na memória de todos os portugueses como o ano em que um terrível incendio ceifou vidas humanas, animais e património material de elevado valor.

«Por motivos diferentes o ano de 2017 será também relembrado pelos produtores de batata, como o ano em que tiveram avultados prejuízos», começa por dizer a PORBATATA - Associação da Batata de Portugal, em comunicado enviado às redações.

A associação afirma que, «por intermédio dos seus sócios em solidariedade com a população afetada por esta terrível catástrofe disponibiliza, batata a granel para alimentação animal e batata ensacada para alimentação humana».

Contactados os concelhos afetados, «iremos proceder de imediato à entrega de um camião de batata para consumo animal ao concelho de Pampilhosa da Serra, havendo possibilidade, dependendo das necessidades, de entregar mais batatas noutros concelhos».

O ano de 2017 foi um ano de boas produções e batata de boa qualidade, mas «a conjuntura de mercado leva a que os preços da batata ao produtor rondem os 0,05 €/Kg ou menos, valor que cobre apenas ¼ do custo de produção», recorda a PORBATA.

Dos fatores que contribuíram para esta situação, destaque para «o aumento da produção de batata, bem como ao cancelamento de contratos de exportação de batata Portuguesa para a Europa por excesso de oferta de batata de países Terceiros».

Dadas as condições invulgares do corrente ano em relação à cultura da batata, a PORBATATA em representação de todo o setor, solicitou uma reunião urgente ao ministro da Agricultura, no sentido de criar mecanismos, de forma a minimizar as perdas do setor.