Pera rocha: colheita atrasada

A produção de pera rocha do Oeste está atrasada devido a instabilidades climáticas e a colheita vai ser adiada do início para o fim de agosto, o que não acontecia há 10 anos, anunciou a associação do setor.

«As condições climatéricas, com temperaturas amenas e períodos prolongados de chuva, trouxeram-nos situações anómalas e dificuldades na floração e nos vingamentos da fruta, o que fez com que a colheita, que começava por volta do dia 10 de agosto, seja iniciada na última semana de agosto», disse Aristides Sécio, presidente da Associação Nacional de Produtores de Pera Rocha (ANP).

Fonte: Lusa