“Olival e Azeite” dá o mote à 55ª Feira Nacional de Agricultura

A maior Feira Agrícola do País tem como tema o “Olival e Azeite”.

FNA

Foto: Ana Clara

A 55ª Feira Nacional de Agricultura / 65ª Feira do Ribatejo realiza-se entre os dias 2 e 10 de junho no Centro Nacional de Exposições, em Santarém, e tem como tema central o “Olival e Azeite”.

Com a escolha da temática “Olival e Azeite” pretende-se realçar o dinamismo de um setor que tem vindo a assumir nos últimos anos uma importância económica crescente, não só por uma maior e melhor produção, mas também pelo reconhecimento das qualidades do azeite e aumento do seu consumo.

Neste âmbito, realce para o “World Olive Oil Summit (WOOS)”, evento que contará com a presença de especialistas nacionais e internacionais da fileira do azeite e que engloba o “Congresso Nacional de Azeite (7 e 8 junho), o “Simpósio de Olivicultura (7 e 8 junho)”, uma “Exposição de Azeites Premiados”, “Exposições de Pintura e Fotografia”, “Ações de Cozinha ao Vivo” e ainda uma área expositiva agro-comercial do sector que estará em destaque no Salão Prazer de Provar com realce para um espaço dedicado ao azeite.

A entrada principal da Feira Nacional de Agricultura vai estar decorada com várias cultivares de oliveiras de modo a elucidar os visitantes sobre as diferenças de alguns exemplares e também sobre vários tipos de azeitona. Simultaneamente, a Feira também irá contar com uma zona denominada “Jardim das Oliveiras”, cujo objetivo é chamar a atenção para algumas características destas árvores.

O Cavalo em destaque

Durante nove dias, as iniciativas equestres vão estar no centro da ação da Feira Nacional de Agricultura e ocupar um lugar de relevo no evento ao serem realizadas no Grande Ringue, uma das zonas mais nobres da Feira Nacional de Agricultura/Feira do Ribatejo.

De modo a realçar estas iniciativas, e tendo o cavalo como elemento primordial, vai ser implantada uma pista com um piso técnico adequado à realização das várias actividades equestres que aqui decorrem.

Paralelamente, a organização prepara melhores condições para os amantes da modalidade com a montagem de uma bancada que permitirá acompanhar com mais pormenor e atenção as ações que aqui decorrem.

Uma Feira profissional e de lazer

A Feira Nacional de Agricultura/Feira do Ribatejo (FNA 18) oferece inúmeros motivos para uma visita de lazer ou de negócio: para as famílias que procuram descontracção e animação o evento pontua pela qualidade da gastronomia e do artesanato, pela oportunidade de contacto direto com animais e pelos variados espetáculos ao vivo, sendo também um bom local para os visitantes adquirirem produtos alimentares de todas as regiões do país.

Para os profissionais que pretendem estabelecer negócios e parcerias a Feira é o mais importante ponto de encontro do setor agrícola nacional, indispensável a quem pretende trocar experiências, debater problemas ou refletir sobre o futuro.

Exposição Comercial

A exposição de Maquinaria na Feira Nacional de Agricultura é um dos principais setores do evento que atrai não só os profissionais da área para conhecer as novidades do mercado, mas também muitos outros visitantes impressionados com a dimensão desta exposição que conta com as principais marcas do mercado.

Esta é uma área em que a tecnologia e a inovação estão sempre presentes, uma evidência clara de um setor pujante, moderno e apetecível, que possibilitará, decerto, inúmeros contactos e bastantes negócios para satisfação dos expositores.

A zona de maquinaria agrícola será um espaço privilegiado de promoção e de demonstração, mas outras áreas representadas na feira como os equipamentos, as associações e cooperativas agrícolas, o artesanato, a venda comercial diversa ou a já tradicional zona gastronómica permitirão agradar aos vários tipos de público que visita a Feira.

100º Aniversário do Ministério da Agricultura

O Ministério da Agricultura vai estar em destaque na FNA 18 com uma exposição fotográfica alusiva ao 100º aniversário da instituição, marcando presença na Feira Nacional de Agricultura com um stand especialmente elaborado para a ocasião, além de outras iniciativas.

Seminários e Colóquios

Várias representações de associações de agricultores internacionais vindas de Espanha, França, Grécia, Itália, diretores gerais de agricultura, especialistas do setor, dirigentes associativos, entre outros, participam no conjunto de seminários e colóquios técnicos, denominados “Conversas de Agricultura” e que contam com a presença de 6.000 pessoas.

Phil Hogan, Comissário Europeu da Agricultura e do Desenvolvimento Rural e Carlos Moedas, Comissário Europeu para a Ciência, Investigação e Inovação, marcam presença na discussão relativa aos “Grandes Desafios para a Agricultura no Futuro”, organizado pela CAP no dia 8 de junho e que se insere no âmbito do “World Olive Oil Summit (WOOS).”

4 de Junho

Politica Agrícola Comum, PAC-Pós 2020 – Org. CNA

Ação de Formação para Criadores de Limousine – Org. AC Limousine

Oportunidades para o Desenvolvimento do Turismo em espaço Rural – Org. CAP

5 de Junho

Contabilidade e Gestão na Atividade Agrícola – Org. CAP/OCC

Seminário Anual da Fileira da Cortiça – “Mercado da Cortiça” – Org. UNAC

Galinhas Portuguesas na Agricultura Sustentável – Org. INIAV/AMIBA

O Futuro das Lãs Portuguesas. Um desafio no Mundo Rural – Org. CAP/DGAV

O Impacto do Regime de Pagamento Base (RPB) na Política Agrícola Comum – Org. CAP

Apresentação dos resultados do projeto – Good Growth Plan – Org. CAP

PME e as novas regras contabilísticas – Org. CAP

Nova Lei da Saúde Animal. Impactos na Exploração Pecuária – Org. CAP

6 de Junho

VII Seminário – O Futuro dos Jovens Agricultores – Org. CAP

Reforma da Floresta: execução e resultados – Org. CAP

A importância do RPB nalguns Estados membros – Org. CAP

Modo de produção biológico de produtos de origem animal – Org. DGAV/DGADR

Conseguimos prevenir cetose e hipocalcemia em vacas leiteiras? Org. Plurivet

O que posso ganhar com o planeamento alimentar da vacada? – Org. Plurivet

Produção de Plantas e Protecção Fitossanitária da Oliveira

Conferência Food & Nutrition Awards – Org. GCI

7 de Junho

Que Lições Aprendemos com o debate sobre OGMs? Lições para Impulsionar a Inovação na Agricultura Moderna – Org. CAP

Conferência Green Project Awards – Org. GCI

Sustentabilidade e Valor Acrescentado – Org. Agrogarante

Workshop “O cavalo do Sorraia – uma raça a promover e divulgar” – Org. ESAS/INIAV/A.Sorraia

8 de Junho

Técnicas de germinação: controlo e novas tecnologias – Org. Litoral Regas / Smarthydro

Palestras de Outono – Org. APE

“Prevenção de Acidentes com Tratores e Máquinas Agrícolas” – Org. ACT / CAP –

Saúde Animal – Org. CAP

9 de Junho

FAAM, baterias otimizadas para equipamentos – Org. Campino & Pereira

Concursos Nacionais

Os produtos premiados nos Concursos Nacionais, nomeadamente “Os Melhores dos Melhores”, que decorreram entre dezembro e maio, estarão em exposição no Salão Prazer de Provar, permitindo assim o contacto direto do consumidor com o que de melhor se faz no nosso setor.

Estas iniciativas foram realizadas em prova cega e tiveram como objetivo estimular a produção de qualidade, dar a conhecer os melhores produtos nas diferentes regiões do país, incentivar o seu consumo e promover o encontro de produtores, empresas, técnicos e apreciadores.

Os Concursos Nacionais cumprem uma dupla funcionalidade, estimulando concorrência e promovendo a competitividade entre os concorrentes, e disponibilizando aos consumidores uma forma de reconhecimento da qualidade dos produtos como denominação de origem.

Cumprindo o objetivo de premiar, promover, valorizar e divulgar a qualidade, especificidade e a diversidade dos produtos portugueses Feira vai ser palco das cerimónias de entrega de prémios das várias competições.

No dia 3 de junho terá lugar a entrega de prémios dos Concursos organizados em conjunto com a Qualifica. No dia 7 de junho o destaque é dado ao Azeite, com a entrega de prémios do Concurso Nacional de Azeites de Portugal, organizado conjuntamente com o Centro de Estudos e Promoção do Azeite do Alentejo. Já no dia 8 de junho, é a vez da entrega de prémios do Concurso Nacional de Mel e Embalagens de Mel que o CNEMA promove em conjunto com a FNAP – Federação Nacional dos Apicultores de Portugal.

Prazer de Provar

O Salão Prazer de Provar reúne no mesmo espaço vários produtos de grande qualidade como azeites, queijos, enchidos, méis, compotas, frutas, entre outros bens alimentares.

Paralelamente decorrem ações de “Cozinha ao Vivo” com mostras e degustações de produtos ou harmonizações entre Vinhos/Azeites, entre outras atividades, uma forma do consumidor tomar conhecimento e experimentar produtos já confeccionados nem sempre de fácil acesso.

Nesta área, destaque para a zona dedicada ao programa “Portugal Sou Eu”, iniciativa promovida pelo Ministério da Economia e que visa a dinamização e valorização dos produtos portugueses, e na qual irão constar diversas empresas promovendo os seus artigos nacionais.

Exposição do Mundo Rural

Estará em exposição uma mostra alargada de diferentes raças autóctones bovinas, nacionais e internacionais, assim como dezenas de equinos, representando as principais coudelarias nacionais, suínos de raça bísara e raça alentejana, caprinos e ovinos.

Destaca-se também uma grande exposição de galinhas poedeiras, mostra que contará com mais de 500 exemplares e permitirá aos visitantes observar o comportamento destes animais ao ar livre.

Dia do Município de Santarém

O dia 7 de junho, quinta-feira, é dedicado ao Município de Santarém que vai promover várias actividades ao longo do dia na Feira Nacional de Agricultura.

Os visitantes da Feira Nacional de Agricultura poderão saborear os melhores produtos portugueses ao longo de nove dias.

No Salão Prazer de Provar, os produtos vencedores dos Concursos Nacionais permitirão ao público escolher e apreciar algumas iguarias que não se encontram tão facilmente no mercado.

Diversos restaurantes de carnes de raças autóctones e tasquinhas regionais promovidas por associações e coletividades do concelho de Santarém também participam na feira e o evento conta ainda com a participação de expositores que irão colocar à disposição do público queijos, enchidos, doces tradicionais, entre outros.