Leite: Alemanha, Holanda, Dinamarca e Áustria aumentam produção

leiteNos quatro primeiros meses de 2014, os preços do leite na UE mantiveram-se 15,5% acima do mesmo período do ano anterior. Em abril, os preços desceram 3% relativamente a março até aos 38,35 € /100 kg. Contudo, é ainda provável que se realizem alguns ajustes em baixa, mas é previsível que no segundo semestre do ano os preços permaneçam relativamente altos devido a uma alta procura, especialmente exterior, de acordo com as previsões do relatório da Comissão Europeia acerca de perspetivas a curto prazo das fileiras agrícolas.

Estas boas perspetivas de preço mantém-se apesar de existirem também elevadas perspetivas de produção de leite. Nos quatro primeiros meses do ano, a boa qualidade e quantidade de forragens levou a um aumento dos preços do leite em 6%. A magnitude deste aumento é devida ao facto de, no inicio de 2013, a produção leiteira ter sido pressionada pelas más condições meteorológicas.

As previsões apontam para um aumento da produção em 2014 em alguns estados membro, como a Alemanha, Dinamarca, Holanda e Áustria, apesar de no caso de excederem a cota, exista a ameaça de uma taxa suplementar. Segundo o relatório da Comissão, em 2014, as entregas de leite na UE poderão aumentar em 4Mt até aos 145,3 Mt. Em 2015, já sem cotas leiteiras, prevê-se um aumento da produção em 2,3%.

Ler aqui.