Irrigants d’Europe representada no Congresso Anual do Milho em França

O regadio europeu esteve representado no Congresso Anual do Milho, que decorreu em Mulhouse, França, a 21 e 22 de novembro, organizado pela AGPM.

milho

O presidente da Irrigants d’Europe, José Núncio, realçou a importância da definição de uma estratégia Europeia de médio e longo prazo para a agricultura de regadio.

«A agricultura precisa de ser reconhecida como um setor fundamental na Europa, social e economicamente. Para que isso se materialize é preciso uma aposta forte no regadio», afirmou o presidente da Irrigants d’Europe, apelando a que o setor se una na defesa do regadio, num momento crucial de renegociação da Política Agrícola Comum (PAC) e da Diretiva Quadro da Água (DQA).

«O regadio e a gestão da água são decisivos para a agricultura sustentável em Portugal, mas também para a Europa, respondendo aos desafios da segurança alimentar e das alterações climáticas. É por isso importante desenvolver uma estratégia Europeia, a médio e longo prazo, que permita acompanhar as evoluções do setor», acrescentou o também presidente da FENAREG, que assume a presidência da IRRIGANTS D’EUROPE durante o seu primeiro mandato, até 2020.

A IRRIGANTS D'EUROPE, fundada em 2017, reúne 75% da área de regadio na Europa, 7,7 em 10,2 milhões de hectares de regadio. A sua missão é a promoção da Agricultura de Regadio e da Gestão da Água em Agricultura na União Europeia. Para as atividades a desenvolver a partir de 2019, foi proposto o alargamento da IRRIGANTS D'EUROPE a outros países.

A IRRIGANTS D'EUROPE teve ainda o convite do XII Congresso Nacional do Milho 2019/1º Congresso Ibérico da Milho, organizado pela ANPROMIS e pela AGPME, onde irá participar numa sessão sobre o tema das Alterações Climáticas, em Lisboa, dia 14 de fevereiro.