FNA 2018: um evento cada vez mais internacional

A 55ª Feira Nacional de Agricultura/65ª Feira do Ribatejo, evento que decorreu no Centro Nacional de Exposições, em Santarém, e cuja temática se centrou no “Olival e Azeite” foi o ponto de encontro da agricultura durante nove dias com a presença de Comissários Europeus, organizações internacionais, participantes estrangeiros oriundos de países como Espanha, Itália, França, Grécia, Tunísia, entre outros.

fna

De 2 a 10 de junho, a Feira deu a conhecer algumas das mais avançadas tecnologias e novidades para a produção agrícola e termina hoje com um balanço positivo na participação de expositores e área ocupada pelas empresas que marcaram presença no evento para divulgação de produtos e serviços.

A Feira afirmou-se, uma vez mais, como o principal evento deste mercado e a grande montra do setor agrícola em Portugal para satisfação dos expositores e dos visitantes. Nesta área, realce para o investimento das empresas que tornaram possível uma exposição com uma imagem cada vez mais cuidada e que revela a importância do certame para estabelecer contactos e negócios.

FNA 18 marcou a agenda politica

A Feira Nacional de Agricultura marcou a agenda política da agricultura nacional e internacional com a presença de diversas individualidades com destaque para a presença do Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, do 1º Ministro, António Costa, do Comissário Europeu da Agricultura e Desenvolvimento Rural, Phil Hogan, do Comissário Europeu para a Ciência, Investigação e Inovação, Carlos Moedas, Ministro da Agricultura, Florestas e Desenvolvimento Rural, Luís Capoulas Santos, da Ministra do Mar, Ana Paula Vitorino e de outros responsáveis como a Secretária de Estado da Segurança Social, Cláudia Sampaio, o Secretário de Estado da Agricultura e Alimentação, Luis Medeiros Vieira, o Secretário de Estado da Internacionalização, Eurico Brilhante Dias ou Secretário de Estado das Florestas, Miguel Freitas, também marcaram presença no evento.

Phil Hogan, Comissário Europeu da Agricultura e Desenvolvimento Rural, considerou que a «Feira Nacional de Agricultura é cada vez mais um evento internacional devido à dimensão do evento e à presença de muitas individualidades estrangeiras».

O certame também foi palco da visita de líderes partidários como Rui Rio (PSD), Assunção Cristas (CDS/PP), Jerónimo de Sousa (PCP) ou Catarina Martins (BE). Os Eurodeputados Nuno Melo, Sofia Ribeiro e Cláudia Aguiar, a Comissão de Agricultura e Mar e o Presidente do CES, António Correia de Campos também marcaram presença no certame.

A presença destes responsáveis foi uma demonstração clara da preocupação e interesse de várias entidades para com o setor e um voto de confiança na capacidade dos agricultores portugueses.

O Comissário Europeu da Agricultura e Desenvolvimento Rural, Phil Hogan, esteve presente e apresentou as linhas gerais das mais recentes propostas da Política Agrícola Comum e o 1º Ministro, António Costa, disse que poderá contribuir mais para o orçamento comunitário, desde que não se coloque em causa as necessidades de Portugal e a redução do défice.

Exposição de Maquinaria Agrícola

Com a presença das principais marcas do mercado, a exposição de Maquinaria na Feira Nacional de Agricultura foi um dos principais sectores do evento que atraiu os profissionais e muitos outros visitantes impressionados com a dimensão desta área.

A tecnologia e a inovação estiveram sempre presentes, uma evidência clara de um sector moderno e em crescimento, destacando-se o esforço das empresas em apresentar uma mostra com qualidade e com um grande investimento na decoração e arrumação dos espaços.

Conversas de Agricultura e Encontros

As várias conferências, seminários e colóquios que integram o ciclo “Conversas de Agricultura” contaram com a participação de representantes Comissão Europeia e de organizações de agricultores de países como Espanha, França, Grécia, Itália e especialistas de diversas áreas, sendo necessário recorrer a serviços de tradução simultânea para uma melhor compreensão das matérias.

A Feira Nacional de Agricultura foi palco de 38 ações entre congressos, seminários (público em geral) e encontros que foram dirigidos a um público mais específico, como reuniões de trabalho promovidas por alguns concessionários.

No campo dos colóquios, natural destaque para o “World Olive Oil Summit” e em especial a conferência “Os Grandes Desafios para a Agricultura no Futuro” na qual esteve presente o 1ª Ministro, António Costa, o Comissário Europeu da Agricultura e Desenvolvimento Rural, Phil Hogan e o Comissário Europeu para a Ciência, Investigação e Inovação, Carlos Moedas.

Na área dos “encontros sectoriais”, o BPI apresentou o Prémio Nacional de Agricultura, uma iniciativa do Grupo Cofina e do BPI que tem como objetivo promover, incentivar e premiar casos de sucesso da agricultura nacional, a Caixa de Crédito Agrícola abordou as “Novas Aplicações para a Agricultura” e o Clube de Produtores Continente realizou aqui 1º Encontro do Conselho Científico sobre “Produção e Consumo Responsáveis”.

Mais de 6.100 pessoas assistiram aos seminários, encontros e reuniões durante os nove dias de feira, o que mostra uma vez mais a dimensão e o interesse desta área na Feira Nacional de Agricultura.

Leia a reportagem completa na próxima edição impressa da revista Agrotec.