Feira Nacional de Agricultura destaca a “Vinha e o Vinho”

 fna

56ª Feira Nacional de Agricultura/66ª Feira do Ribatejo realiza-se entre os dias 8 e 16 de junho, no Centro Nacional de Exposições, em Santarém, e tem como tema central a “Vinha e o Vinho”.

O vinho é hoje um produto sofisticado, que envolve tecnologia na sua elaboração e adquiriu hoje um papel central na gastronomia moderna.

É um produto complexo que requer cada vez mais conhecimento e a escolha desta temática é uma oportunidade para proporcionar ao consumidor várias experiências nesta área como a forma de beber, o copo a utilizar, o prato mais indicado, a temperatura do vinho, entre outras.

Por outro lado, é uma forma de realçar o dinamismo do setor que tem grande importância económica.

O Gosto do Vinho

Além de seminários dedicados ao tema da feira, decorrem várias iniciativas como Cursos de Iniciação à Prova de Vinhos, Provas Temáticas de Vinhos do Porto, Madeira e Moscatel de Setúbal (Org. Associação Portuguesa de Enologia), Masterclass de Vinhos Casta Negra Mole (Org. CVR Algarve), Masterclass de Fernão Pires (CVR Tejo) e Masterclass de Vinhos Velhos (CVR Trás-os-Montes).

Paralelamente, a entrada da Feira Nacional de Agricultura vai contar com uma decoração especialmente preparada para o tema da feira e na qual os visitantes poderão observar alguns dos diferentes tipos de vinha que existem em Portugal.

Melhoria de Condições para Expositores e Visitantes

O bem estar e a comodidade de expositores e visitantes é uma preocupação constante, pelo que a organização continua a investir nesta área de modo a melhorar as condições das empresas que apostam no certame e de quem visita a feira.

Este ano o CNEMA investiu no alargamento da zona de exposição lateral à Nave A (6400 m2) com um talhão renovado e que ciou mais espaço para as empresas e uma maior visibilidade dos expositores nesta área.

A zona de “Tasquinhas” dedicada a Associações do concelho de Santarém vai contar com cozinhas e esplanadas renovadas e que permitirão um maior conforto para os visitantes. A decoração terá vários motivos alusivos ao Ribatejo, o que não deixará de causar impacto aos visitantes.

A zona de Exposição Exterior também será alvo de mudanças e a circulação das pessoas será diferente e mais facilitada, permitindo uma maior visibilidade aos expositores e um acesso mais direto do público ao centro da feira.

Continuando a política de anos anteriores, mais ruas do recinto exterior estarão cobertas com sombras, conferindo mais comodidade para quem as frequenta.

A edição da FNA 19 vai contar com um novo espaço de estacionamento num terreno que foi recentemente recomprado pelo CNEMA. Deste modo, os visitantes que se desloquem do sentido Cartaxo – FNA 19 poderão estacionar com mais facilidade.

Comissão Europeia na Feira Nacional de Agricultura

A FNA 19 vai contar com uma presença da Comissão Europeia nos nove dias do evento, através de um stand institucional no qual os visitantes poderão tomar conhecimento com muitas das atividades que esta instituição realiza.

Esta presença também é uma forma de reconhecer a importância do certame e a sua contribuição para a imagem da agricultura portuguesa.

Seminários e Colóquios

Várias representações de associações de agricultores internacionais vindas de Espanha, França, Grécia, Itália, diretores gerais de agricultura da Comissão Europeia, especialistas do setor, dirigentes associativos, entre outros, participam no conjunto de seminários e colóquios técnicos, denominados “Conversas de Agricultura”.

Phil Hogan, Comissário Europeu da Agricultura e do Desenvolvimento Rural, marcará presença na discussão relativa aos “Desafios para os Agricultores e para a Agricultura no Futuro”, organizada pela CAP e que se realiza no dia 14 de junho, pelas 10h00.